Dados de utilização do FreeStyle® Libre do Abbott mostram ligação entre elevada frequência de monitorização e melhoria no controlo da glicose em doentes diabéticos

·         409 MILHÕES DE MEDIÇÕES DE GLICOSE EM MAIS DE 50.000 UTILIZADORES DO FREESTYLE LIBRE, NA EUROPA, MOSTRAM QUE OS DOENTES MONITORIZARAM OS NÍVEIS DE GLICOSE, EM MÉDIA, 16 VEZES POR DIA
·         85 MILHÕES DE HORAS DE MONITORIZAÇÃO DEMONSTRAM QUE UM MAIOR NÚMERO DE LEITURAS, ATRAVÉS DO FREESTYLE LIBRE, ESTÁ ASSOCIADO A MELHORES RESULTADOS NO CONTROLO DA DIABETES, INCLUINDO A REDUÇÃO DA HIPOGLICEMIA

 
 
Lisboa, 20 de fevereiro de 2017 — O Abbott anunciou hoje resultados da utilização real 1 que demonstram que os doentes que fazem a leitura frequente da glicose com o sistema FreeStyle® Libre passam menos tempo em hipoglicemia (baixa de açúcar no sangue) ou em hiperglicemia (níveis altos de açúcar no sangue). De acordo com os dados, mais de 50.000 pessoas com diabetes que utilizam o sistema FreeStyle Libre verificaram os níveis de glicose, em média, 16 vezes por dia - três vezes mais do que o mínimo recomendado nos Estados Unidos 2 e pelas diretrizes europeias 3 para testes que utilizam a tradicional picada no dedo. Os dados mostram que os níveis elevados de leitura feitos com o sistema FreeStyle Libre estão fortemente associados a um melhor controlo da glicose.
 
"Existem agora evidências da utilização e de estudos clínicos que reforçam o elevado impacto do FreeStyle Libre" , disse Jared Watkin, vice-presidente sénior da área de Diabetes Care do Abbott. "O FreeStyle Libre está a mudar a forma de como a Diabetes tem sido controlada durante décadas, com uma simples passagem do leitor. Mais importante, estamos neste processo de evolução para facultar aos doentes a informação de que precisam para fazerem o seu próprio controlo, ajudando-os a viver com a Diabetes de uma forma mais plena e a ter uma vida saudável. "
 
O sistema FreeStyle Libre do Abbott consiste num pequeno sensor redondo (do tamanho de uma moeda de 2 euros) que é colocado na parte de trás do antebraço, até 14 dias, e que mede a glicose a cada minuto no líquido intersticial, através de um pequeno filamento que é inserido por debaixo da pele e fixo com uma pequena almofada adesiva.
 
[1] Data on file. Dunn T, Xu Y, Hayter G;  Evidence of a Strong Association Between Frequency of Flash Glucose Monitoring and Glucose Control Measures During Real-World Usage
2 American Diabetes Association Diabetes Care 2017 Jan; 40(Supplement 1): S48-S56. https://doi.org/10.2337/dc17-S009; http://care.diabetesjournals.org/content/40/Supplement_1/S48 
3 Schnell O, Alwai H, Battelino T, et al. Consensus statement on self-monitoring of blood glucose in diabetes. A European perspective. Diabetes, Stoffwechsel und Herz, Band 18, 4/2009:3-7 
 
O leitor lê no sensor o resultado do nível de glicose, sem dor 4 , em menos de um segundo.
 
Os resultados foram apresentados hoje no Congresso de Tecnologias Avançadas e Tratamento da Diabetes (ATTD), em Paris. Os dados mostram uma forte ligação entre o uso real do sistema FreeStyle Libre e o controle de glicose. O estudo foi feito a partir de 50.831 leitores, que foram utilizados para digitalizar 279.446 sensores, o que resultou em 409,4 milhões de medições de glicose, 86,4 milhões de horas de monitoração e 63,8 milhões de leituras - representando mais de 50.000 utilizadores do FreeStyle Libre, em toda a região da Europa.
 
Principais conclusões dos dados de utilização real do sistema FreeStyle Libre:

 
·         Mais leituras: os utilizadores verificaram os níveis de glicose em média 16,3 por dia
·         
Ao longo do espetro dos níveis de leitura verificados na população, observaram-se as seguintes tendências, à medida que as taxas de leitura aumentaram:

 
o   
Melhoria do HbA1c:
 o nível médio de glicose diminuiu à medida que a taxa de leitura aumenta, com a estimativa da HbA1c a diminuir de 8,0% para 6,7??%
o   
Redução da hipoglicemia:
 o tempo gasto abaixo dos níveis de glicose de 70, 55 e 45 mg / dL diminuiu em 15%, 40% e 49%
o   
Redução da hiperglicemia:
 o tempo acima de 180 mg / dL diminuiu de 10,5 para 5,9 horas por dia
o   
Aumento do intervalo de tempo:
 o tempo na escala da glicose (70-180 mg / dL) aumentou de 12.0 a 16.8 horas por o dia

Capacitar os doentes com informações acionáveis
De acordo com um relatório publicado no People's Preference and Adherence 5 , os doentes fazem o teste da glicémia com métodos tradicionais de auto monitorização (picar o dedo com uma lanceta para obter uma amostra de sangue) menos de três vezes por dia, realidade que fica aquém das diretrizes americanas 2 e europeias 3 que recomendam 4 a 8 testes por dia. As pessoas portadoras da Diabetes referem que o maior obstáculo à monitorização mais frequente é a dor e o aborrecimento que a picada de rotina 5 causa nos dedos.
 
Mas, quando as pessoas com Diabetes não têm uma imagem clara dos níveis de glicose através da monitorização regular, existem complicações como a hipoglicemia que se podem tornar fatais e requerem hospitalização, o que pode levar a um aumento significativo nos custos de saúde.
 
 
 
 
 
4 Data on file. Based on a user study, 100% of patients agree that there is no pain when they check their glucose readings by scanning the FreeStyle Libre sensor.
5 Ong, W.M.; Chua, S.S.; Ng, C.J. (2014)  Barriers and facilitators to self-monitoring of blood glucose in people with type 2 diabetes using insulin: a qualitative study.   Patient Preference and Adherence , 8. pp. 237-246.
O sistema FreeStyle Libre do Abbott, que foi lançado na Europa em 2014, elimina a necessidade da rotina de picar o dedo 6 , 7 , a dor e o aborrecimento que esta medida implica 8 . Além disso, o sistema FreeStyle Libre vem calibrado de fábrica - o que significa que não requer um teste ao dedo para calibração (teste que requer a recolha de uma amostra de sangue para redefinir a precisão do sistema), ao contrário de outros sistemas contínuos de monitorização de glicose, que requerem duas ou mais picadas no dedo, por dia, para permanecem precisas.
 

"A minha experiência com FreeStyle Libre, através da prática clínica diária e de estudos de investigação, tem sido muito positiva"
, diz Ramzi Ajjan, M.D, Universidade de Leeds, Reino Unido. 
"Os doentes relatam que o sistema os ajudou a obter uma melhor compreensão dos seus níveis de glicemia, A natureza indolor do sistema no teste da glicose é elogiada pelos doentes com comentários como, ‘salvou os meus dedos’. Os dados da utilização real confirmam, ainda, que os doentes estão a verificar os níveis de glicose com mais frequência, até 16 vezes por dia, em média, o que é complicado manter com o método convencional na otimização do controle da glicemia.”
 
Utilização suportada em dados ma aleatórios do Free Style Libre
Os novos dados da utilização real apresentados no ATTD vêm reforçar ainda mais as conclusões dos ensaios clínicos randomizados realizados pelo Abbott com o sistema FreeStyle Libre, incluindo o estudo IMPACT 9 publicado no The Lancet , em setembro de 2016.
 
Principais conclusões do Estudo IMPACT (utilizadores do FreeStyle Libre versus SMBG tradicional):
 
·         A monitorização da glicose aumentou para uma média de 15 leituras por dia
·         38% de redução no tempo gasto em hipoglicemia ( <70> ·         50% de redução em hipoglicemia grave ( <55> ·         40% de redução no tempo gasto em hipoglicemia noturna (11 p.m. às 6 a.m.)
·         Sem aumento da HbA1c em seis meses
 
Em 2014, a Abbott lançou o FreeStyle Libre System em vários países da Europa. Atualmente, o sistema FreeStyle Libre está disponível em mais de 30 países, em todo o mundo, e está a ser utilizado por mais de 250.000 pessoas que vivem com diabetes. Nos Estados Unidos, o sistema FreeStyle Libre está atualmente a ser analisado pela Food and Drug Administration 10 .
 
 
6 A finger prick test using a blood glucose meter is required during times of rapidly changing glucose levels when interstitial fluid glucose levels may not accurately reflect blood glucose levels or if hypoglycaemia or impending hypoglycaemia is reported by the system or when symptoms do not match the system readings.
7 Bailey, Bode, Christiansen, Klaff, and Alva, (2015). The Performance and Usability of a Factory-Calibrated Flash Glucose Monitoring System Diabetes Tech Thearputics 17(11), 787-793.DOI: 10.1089/dia.2014.0378
8 Wagner J, Malachoff C, Abbott G. Invasiveness as a barrier to self-monitoring of blood glucose in diabetes. Diabetes Technolo Ther. 2005; 7(4):612-619.
9Bolinder J, Antuna R, Geelhoed-Duijvestijn P, Kroger J, Weitgasser R. Novel glucose-sensing technology and hypoglycaemia in type 1 diabetes: a multicentre, non-masked, randomised controlled trial [published online September 12, 2016]. Lancet. 2016
1 0 Pending FDA approval. Not available for sale in the United States
Sobre os dados
Dados não identificados foram recolhidos durante um período de 18 meses, quando os leitores FreeStyle Libre foram conectados com software para PC, com ligação ativa à Internet. Todas as informações foram agregadas. Nenhum dado pessoal foi utilizado ou partilhado.
 
Sobre o sistema FreeStyle Libre da Abbott
O Sistema FreeStyle Libre da Abbott consiste num pequeno sensor redondo – de tamanho aproximado a uma moeda de 2 euros – usado na parte de trás do braço até 14 dias, que mede a glicose a cada minuto no fluido intersticial, através de um pequeno filamento (5mm de comprimento e 0,4 mm de largura) que é inserido à superfície da pele e mantido com uma pequena almofada adesiva. O leitor faz a leitura digital do sensor e permite obter o resultado dos níveis de glicose, sem dor, em apenas alguns segundos. Cada leitura permite obter um resultado de glicose em tempo real, os valores obtidos no passado e a direção que a glicose terá no futuro.
 
O sistema FreeStyle Libre gera um Perfil de Glucose Ambulatório (AGP) que fornece uma leitura imediata dos níveis de glicose, tendências e padrões a longo do tempo.
 
Sobre o Abbott
Na Abbott, estamos empenhados em ajudar as pessoas a viver a sua vida da melhor forma possível através do poder da saúde. Há mais de 125 anos que trazemos novos produtos e tecnologias para o mundo –em nutrição, diagnósticos, dispositivos médicos e medicamentos - que criam maiores possibilidades para mais pessoas, em todos os estágios da vida. Hoje, 94.000 de nós estamos a trabalhar para ajudar as pessoas a viver não apenas mais anos, mas com melhor qualidade de vida, nos mais de 150 países onde estamos presentes.
 
Ligue-se a nós em www.abbott.com, no Facebook em www.facebook.com/Abbott e no Twitter @AbbottNews e @AbbottGlobal.

Tags:

Sobre nós

Companhia norte-americana de produtos farmacêuticos e de cuidados com a saúde. Possui em torno de 56.000 empregados e está presente em mais de 150 países.

Subscrever

Media

Media