30º Grande Prémio do Minho na estrada

O Grande Prémio do Minho em ciclismo regressa hoje à estrada com a primeira etapa a ligar o Centro de Ciclismo do Minho – Guimarães (Souto Santa Maria), após a inauguração da segunda fase do projeto, à cidade de Guimarães, com a meta instalada junto à sede da Associação de Ciclismo do Minho.

“O Grande Prémio do Minho, também designado por “Volta ao Minho”, é um importante património da região minhota que, entre outros fatores, traduz um notável meio de promoção do desporto e de divulgação da região do Minho, das suas localidades, marcas, produtos e serviços” refere a Associação de Ciclismo do Minho na mensagem do livro oficial, intitulada “esperança renovada”.

A competição é apadrinhada pelos ciclistas profissionais minhotos Tiago Machado, José Mendes, José Gonçalves e Domingos Gonçalves, destina-se ao escalão de juniores, numa organização da Associação de Ciclismo do Minho, em colaboração com a Federação Portuguesa de Ciclismo, o 30º Grande Prémio do Minho será disputado por um pelotão de cerca de centena e meia de ciclistas em representação de equipas portuguesas e espanholas.

Para Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, a clássica minhota é “é uma marca de referência do ciclismo português, agora ao serviço do ciclismo de formação, cujas equipas e ciclistas ganham uma motivação extra por participarem numa corrida com a importância histórica desta”.

A primeira etapa, mais propícia a roladores, vai atravessar cinco concelhos, com Guimarães a ser o ponto de partida e chegada, seguindo-se Vila Nova de Famalicão, Barcelos, Braga e Póvoa de Lanhoso.

Para Rui Porfírio, autarca local que preside aos destinos da União de Freguesias da Cidade (Guimarães), “É um orgulho enorme dizer sim ao final da primeira etapa do Grande Prémio do Minho no seu regresso a Guimarães, junto à sede da ACM, local onde a população dos nossos bairros assiste com regularidade a provas de ciclismo nas quais já participaram jovens  atletas que hoje são referência da modalidade”.

O município mais a norte de Portugal, Melgaço, será o epicentro da segunda etapa, onde a montanha aparece com maior preponderância, culminando com o términus da etapa no alto de Castro Laboreiro, a 920 metros de altitude, após percorrerem 91,3 km.

Para o edil que preside ao “destino de natureza mais radical de Portugal”, Manoel Batista, Melgaço agrega cada vez mais valências, salientando que “aqui, é possível praticar os desportos de rio e montanha mais exigentes, durante todo o ano.  Este ano acolhemos o Campeonato Nacional de XCM Maratonas, durante a III Maratona BTT Vila de Melgaço, onde participaram cerca de 500 atletas. A elevada adesão aos demais eventos que temos promovido, comprova que temos condições para a prática de diferentes atividades“.

Vieira do Minho, terra de encantos, ao acolher a partida e chegada da última etapa será o concelho que consagrará o vencedor da 30ª edição do Grande Prémio do Minho.

“O Município de Vieira do Minho volta a associar-se à organização do Grande Prémio do Minho em Ciclismo. A atividade desportiva na região tem contribuído para a afirmação do Minho no contexto nacional, daí que seja para nós motivo de satisfação receber uma etapa desta prova no nosso território” refere António Cardoso Barbosa, presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho, na sua mensagem de boas vindas.

Durante os 277, 7 quilómetros das três etapas estarão em disputa diversas contagens de montanha e metas volantes, assim como as classificações gerais individual por tempos (Camisola Amarela: CJR - Cândido José Rodrigues, SA), por pontos (Camisola Verde: Controlsafe), da Montanha (Camisola Azul: Arrecadações da Quintã), do melhor júnior de primeiro (Camisola Laranja: Cision), do melhor atleta da Associação de Ciclismo do Minho (Camisola Branca: Universidade do Minho) e por equipas.

O 30º Grande Prémio do Minho é apadrinhado por quatro ciclistas profissionais minhotos formados em clubes da Associação de Ciclismo do Minho: o famalicense Tiago Machado (Katusha-Alpecin), o vimaranense José Mendes (Burgos BH) e os gémeos e barcelenses José Gonçalves (Katusha-Alpecin) e Domingos Gonçalves (Rádio Popular/Boavista).

Além das principais formações portuguesas, quatro equipas espanholas têm presença confirmada na edição deste ano do Grande Prémio do Minho: Fundacion Oscar Pereiro, Ginestar - ULB, Banco Santander - P.C. Sprint, Arte en Transfer - Leon, Aleata - CC Farto e Clube Ciclista Cidade de Lugo - Pescados Ruben.

As equipas portuguesas inscritas são as seguintes: Sporting / Tavira / Formação Engº Brito da Mana, Academia Joaquim Agostinho / UDO, ACD Milharado / Escola de Ciclismo Manuel Martins, Anipura - G.D.M. Escola Alexandre Ruas, Bairrada, Centro Ciclista Barcelos / A.F.F / Orbea / Onda, Escola de Ciclismo Bruno Neves, Jorbi – Team José Maria Nicolau, LA Alumínios / SGR Ambiente / CC A. Paio Pires, Maia Formação, Mato-Cheirinhos / Vila-Galé / Etopi, Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact, Sicasal / Liberty Seguros / Bombarralense, Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel, Tensai / Sambiental / Santa Marta, Vito - Feirense - Blackjack / SC S. João Ver, Peçamodôvar / Delta-Cafés / Polisport – SC Bike Team / SC Bike Team.

Recorde-se que no ano passado, com emoção até ao último metro, Pedro Lopes (Seissa/KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact) sagrou-se vencedor da 29ª edição do Grande Prémio do Minho. O jovem vimaranense venceu as classificações geral individual (Camisola Amarela – Empiqua) e a de melhor atleta da ACM (Camisola Branca – Força Minho). Diogo Vieira (Tensai/Sambiental/Santa Marta) conquistou a classificação geral dos pontos (Camisola Verde – ControlSafe), o espanhol Abel Álvarez (Bathco) a classificação geral da montanha (Camisola Azul – Arrecadações da Quintã), Afonso Silva (Sporting / Tavira / Formação Eng. Brito da Mana) venceu a classificação da juventude (Camisola Laranja – Cision) e por equipas venceu a Academia Joaquim Agostinho / UDO.

O 30º Grande Prémio do Minho, organizado pela Associação de Ciclismo do Minho em parceria com a Federação Portuguesa de Ciclismo, conta com o apoio da União de Freguesias da Cidade (Guimarães), Câmara Municipal de Vieira do Minho, Câmara Municipal de Melgaço, Candido José Rodrigues (Camisola Amarela), Controlsafe (Camisola Verde), Arrecadações da Quintã (Camisola Azul), Cision - Portugal (Camisola Laranja), Universidade do Minho (Camisola Branca), Centro de Estágios de Melgaço, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade , POPP Design, AFAcycles, Costa & Guerreiro – Erre Labels, Jopedois, Auto Terror, Guimarpeixe, Saúde Constante, Salvaggio, RS Bikes, Roda na Frente e  Correio do Minho.

Tags:

Sobre nós

Associação dedicada à promoção e divulgação do ciclismo.

Subscrever

Media

Media