Ciclismo: 58º Circuito de Santo António de Amares (Taça de Portugal de Juniores)

58º Circuito de Santo António de Amares (Taça de Portugal de Juniores)
O tradicional Circuito de Santo António de Amares disputa-se no próximo dia 15 de junho. A 58ª edição da prova é pontuável para a Taça de Portugal de Juniores e integra o programa das Festas d´Amares - Santo António 2014 que decorrem de 8 a 15 de junho. A competição começará às 10 horas e terminará, pelas 12 horas, na Praça do Comércio, tendo os corredores para enfrentar um percurso de 86 quilómetros.
O 58º Circuito de Santo António de Amares é organizado conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho, AFAA - Associação das Festas Antoninas de Amares e Câmara Municipal de Amares.
Das mais antigas provas de ciclismo do País, o prestigiado Circuito de Santo António tem início marcado para as 10 horas na Praça do Comércio e final previsto para as 12h15 no mesmo local. O percurso, de 86 quilómetros, inclui três passagens pela meta que contarão como metas volantes. A concentração dos corredores será pelas 9 horas e a cerimónia protocolar e de entrega de prémios pelas 12h30.
O percurso do 58º Circuito de Santo António de Amares, integrado no programa das Festas d´Amares - Santo António 2014, será o seguinte: Amares (Praça do Comércio), Besteiros (EN 308 - Partida real), Portela, Caldelas, Torre, Fiscal (10h16), São Vicente do Bico, Rendufe, Carrazedo, Amares (Meta Volante - 1ª passagem pela meta - 10h27), CM Amares, Praceta do Autarca, Crespos, Santa Lucrécia (10h40), Adaúfe, Palmeira (10h48), Confeiteira, Entre Pontes, Lago, Rendufe, Carrazedo, Amares (2ª passagem pela meta - 11h07), Besteiros, Portela, Caldelas (Meta Volante - 11h20), Torre, Fiscal, São Vicente do Bico, Rendufe, Carrazedo, Amares (Meta Volante - 3ª passagem pela meta - 11h37), CM Amares, Praceta do Autarca, Crespos, Santa Lucrécia, Adaúfe, Palmeira (11h56), Confeiteira, Entre Pontes, Lago, Rendufe, Carrazedo, Amares - Praça do Comércio (Meta Final - 12h15).
Remontando ao ano de 1956, o Circuito de Santo António de Amares é considerado uma das mais antigas provas de ciclismo do país, sendo, desde 1979, uma organização conjunta da Associação de Ciclismo do Minho e da Câmara Municipal de Amares. A prova de ciclismo já foi distinguida com o Troféu “O Minhoto”, na categoria de “Evento Desportivo”.
O 58º Circuito de Santo António de Amares tem o apoio das seguintes entidades: Federação Portuguesa de Ciclismo, Herdmar, Cision, Arrecadações da Quintã, POPP Design, Rariz Carisma - Soluções de Publicidade, Ciclismo a fundo (revista oficial), acmTV (www.acmtv.pt), Roda na Frente e Plano Nacional de Ética no Desporto.
No ano passado, João Silva (Alcobaça CC / Crédito Agrícola) venceu isolado a 57º edição do tradicional Circuito de Santo António de Amares. Com cerca de meia centena de corredores à partida, o percurso na prova integrou três metas volantes, tendo o pelotão proporcionado ao imenso público que presenciou a prova um excelente espetáculo desportivo, com emoção e competitividade até ao final, .
Na sequência de várias movimentações ao longo da corrida, um grupo de cinco corredores destacou-se do pelotão e chegou de forma cadenciada à meta. João Silva (Alcobaça CC / Crédito Agrícola) foi o primeiro a concluir o 57º edição do tradicional Circuito de Santo António de Amares com a vantagem de 19 segundos para Xavier Silva (Anicolor) e de 21 para Pedro Seabra (Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel). Ivo Oliveira (Escola de Ciclismo Venceslau Fernandes) e Fábio Mansilhas (Alcobaça CC / Crédito Agrícola), respetivamente quarto e quinto classificados, concluíram a prova com o atraso de 24 segundos em relação ao vencedor. João Fernandes (CC Barcelos/AFF Electrodomésticos/Orbea), sexto classificado, liderou o pelotão que chegou ao final com a desvantagem de 27 segundos. João Pereira (Escola de Ciclismo Carlos Carvalho), Xavier Silva (Anicolor) e João Silva (Alcobaça CC / Crédito Agrícola) venceram as metas volantes.
Este ano, as festas Antoninas de Amares têm uma nova designação e passam a chamar-se "Festas d´Amares". A organização decidiu alterar a denominação para criar uma “marca que as possa distinguir das restantes festividades em honra de Santo António”, explica Rui Fernandes, da comissão organizadora.
Pela primeira, as Festas d´Amares 2014 proporcionam oito dias de festa, que se prolongam de 8 a 15 de Junho, com uma forte componente de tributo a António Variações.
A edição deste ano das festas concelhias recupera algumas tradições perdidas como os jogos tradicionais, o fogo preso, o concurso de pesca desportiva e a realização de um bazar concelhio. No capítulo da música, a organização, a cargo da AFAA - Associação das Festas Antoninas de Amares, aposta em cabeças de cartaz de renome como Quim Barreiros, Toy, Expensive Soul e os já populares "Aurora", que passaram pelo programa televisivo "Factor X".
A Associação das Festas aposta, através de diversas iniciativas, num tributo a António Variações que em 2014 completaria 70 anos de idade, caso fosse ainda vivo, celebrando-se a 13 de Junho, 30 anos sobre a sua morte.

Tags:

Sobre nós

Associação dedicada à promoção e divulgação do ciclismo.

Subscrever

Media

Media