PROGRAMA DE VISTOS GOLD REASSUME IMPORTÂNCIA NA CAPTAÇÃO DE INVESTIMENTO EXTERNO PARA PORTUGAL

Crescimento de 86%, em termos homólogos, coloca o total aplicado ao abrigo deste regime, desde início do ano, nos 410 milhões de euros
 
Em termos mensais, em maio, o novo investimento ascendeu a 96 milhões de euros dos quais 88 milhões, ou seja, 91%, resultam da aquisição de imobiliário nacional
 
A CPCI – Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário, evidencia o forte crescimento do investimento estrangeiro captado para Portugal ao abrigo do Programa de Vistos Gold que, em termos acumulados, até maio, registou 410 milhões de euros, valor que representa um crescimento homólogo de 86% face a igual período do ano anterior.

Em maio, o total captado por este programa ascendeu aos 96 milhões de euros, dos quais 88 milhões, ou seja, 91% resultam de aquisições de imobiliário. Desde início deste regime, foram já captados 2.104 milhões de euros de investimento externo, sendo que 90% dizem respeito a investimentos em imobiliário que totalizam 1.899 milhões de euros.

O Presidente da CPCI, Reis Campos, refere que “estes números demonstram a importância desta medida para a atração de investimento para Portugal, para a economia e para o emprego, que ganham maior relevância numa altura em que, como sabemos, os indicadores económicos estão a dar sinais menos positivos, em especial, no domínio do investimento”.

Reis Campos diz ainda que “o potencial do nosso país é amplamente reconhecido, dispomos de condições únicas para atrair o investimento externo que é essencial para que possamos crescer e criar emprego. Esta é uma oportunidade única que permite dar resposta às necessidades de desenvolver as comunidades locais, os diversos setores de atividade sendo, por isso, imprescindível consolidar os resultados obtidos e ganhar uma dimensão nacional”.

Tags:

Sobre nós

AICCOPN - Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas assume-se como a porta-voz das preocupações e interesses dos empresários do sector, desempenhando uma dupla função de lobby junto dos órgãos de decisão e de prestação de um conjunto de serviços.Esta Associação é hoje a maior associação industrial do país, representando cerca de oito mil Associados.

Subscrever