Fundação AIP organiza 'Fórum Agro Alimentar Selection Argélia 2013'

No âmbito do seu Projecto de Internacionalização apoiado pelo QREN, a Fundação AIP, através da AIP – Feiras Congressos e Eventos está a organizar a participação portuguesa no Fórum Agro Alimentar Selection Argélia 2013. O evento, a realizar em Argel, entre 26 e 28 de Novembro, contará com a participação da ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, bem como de dirigentes governamentais, associativos e empresários argelinos.

As inscrições para participação de empresas portuguesas no evento encontram-se abertas até 31 de Outubro através do email: alimentaria_horexpo@aip.pt.

A Fundação AIP tem como objectivo com este evento proporcionar às empresas participantes a identificação de potenciais parceiros para o desenvolvimento de projectos de exportação e/ou investimento, bem como potenciar o contacto com entidades locais através de ações de networking já previstas no programa com encontros empresariais e visitas técnicas a operadores económicos do sector agrícola, água, agro-indústria e pescas.

Esta iniciativa conta ainda com o apoio da Embaixada de Portugal em Argel, da AICEP Argel e da Câmara de Comércio e Indústria Árabe-Portuguesa.

A Argélia é a maior economia da região do Magrebe e uma das mais importantes do continente africano. Segundo o Economist Intelligence Unit (EIU), em 2011 e 2012 o PIB registou um crescimento de 2,4%, mas o provável aumento da produção de gás e petróleo bem como o desempenho favorável da procura interna deverão impulsionar a economia argelina, sendo expectáveis taxas de crescimento da ordem de 3,5% e 3,8% em 2013 e 2014, respetivamente.

Exportações nacionais para a Argélia têm vindo a crescer

A Argélia tem vindo a ganhar relevo no contexto das exportações portuguesas, tendo atingido, em 2012, a 14ª posição no ranking de clientes, a que correspondeu uma quota superior a 0,9%. Enquanto fornecedor, o seu posicionamento também melhorou nos dois últimos anos, ocupando o 14º lugar da tabela de fornecedores em 2012, correspondente a mais de 1,4% das importações portuguesas.

Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), verifica-se que ao longo dos últimos cinco anos as exportações portuguesas para Argélia aumentaram significativamente e de forma contínua, o que se traduziu numa taxa de crescimento médio anual de 26,1%. Em 2012, as exportações atingiram um montante de 427,8 milhões de euros, correspondente a um acréscimo de 19,4% face ao ano anterior.

O fluxo das exportações nacionais para a Argélia demonstram o interesse que este mercado representa para as empresas portuguesas, não só no sector das obras públicas e construção, como também noutros que merecem destaque como sejam o ambiente, o agro-alimentar e a distribuição, entre outros.

Embora a Argélia não se encontre entre os principais destinos do investimento português no exterior, existe um número assinalável de empresas portuguesas instaladas no mercado, nomeadamente nos setores da construção e obras públicas, engenharia, consultoria, materiais de construção e indústria alimentar.

(comunicado em anexo)

Tags:

Sobre nós

Associação representativa da indústria e comércio.

Subscrever