AEROPORTO DE FARO COM MAIS LIGAÇÕES NESTE INVERNO

São boas notícias para a região do Algarve. O Aeroporto de Faro terá um reforço das suas ligações à Europa na próxima temporada de Inverno 2015/16 contribuindo assim para minimizar o efeito da sazonalidade na região.
 
Ciente da importância de uma adequada acessibilidade aérea para o desenvolvimento da região e do destino turístico do Algarve, a ANA Aeroportos de Portugal, em conjunto com os seus parceiros do turismo nacionais e regionais, tem trabalhado com companhias aéreas e operadores turísticos com o objetivo de reforçar a oferta de voos para o Aeroporto de Faro no período de inverno. 
 
Entre outras medidas, a ANA tem vindo a apostar, no Aeroporto de Faro, numa progressiva diferenciação tarifária, praticando taxas significativamente mais baixas no inverno do que no verão e a aplicar uma política de incentivos ao desenvolvimento de tráfego que concentra os maiores apoios no período de inverno. A resposta a esta estratégia começa a dar os primeiros resultados, registando-se uma crescente adesão das companhias aéreas a reforçarem as suas operações de inverno.
 
A ANA espera que esta renovada aposta na quebra da sazonalidade por parte algumas companhias seja o início de um novo ciclo virtuoso que conduza a um aumento e qualificação da oferta de inverno na região, que, por sua vez, seja o motor para uma crescente dinâmica no reforço de operações e rotas.
 
As novas ligações e rotas nesta estação representam um aumento da oferta de lugares disponíveis: 148 254 lugares, um aumento de 11,2% em relação ao Inverno passado.
 
Ao todo são três novas rotas de inverno, quatro novas companhias a efetuar rotas já existentes no Aeroporto e sete reforços em operações já existentes.
O Aeroporto de Faro passa assim a disponibilizar 35 destinos diretos operados por 15 companhias aéreas regulares neste Inverno. 

Sobre o Grupo ANA
O Grupo ANA é um sólido grupo empresarial responsável pela gestão dos aeroportos em Portugal Continental (Lisboa, Porto, Faro e Terminal Civil de Beja), na Região Autónoma dos Açores (Ponta Delgada, Horta, Santa Maria e Flores) e na Região Autónoma da Madeira (Madeira e Porto Santo). Em Setembro de 2013, o Grupo ANA integrou a VINCI Airports.
 
Sobre a VINCI Airports
Ator internacional do setor aeroportuário, VINCI Airports assegura o desenvolvimento e a exploração de 24 aeroportos - 11 em França, 10 em Portugal (incluindo o hub de Lisboa com 18 milhões de passageiros) e 3 no Camboja. O conjunto destas infraestruturas, servidas por mais de 100 companhias aéreas, totalizou um tráfego anual de passageiros, em 2014, superior a 46 milhões de passageiros. Graças à sua competência como integrador global, VINCI Airports com a força dos seus 5.000 funcionários, desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, bem como pode disponibilizar a sua capacidade de investimento, a sua rede internacional e o seu know-how na otimização da gestão de plataformas existentes, projetos de expansão ou construção de raiz de infraestruturas aeroportuárias.
A 4 de fevereiro último, a VINCI Airports, a Aéroports de Paris e a Astaldi, juntas no consórcio Nuevo Pudahuel, foram escolhidas pelo governo chileno para operar a concessão do aeroporto internacional Arturo Merino Benitez, em Santiago do Chile, que é o 6º aeroporto da América do Sul com 16,1 milhões de passageiros em 2014, cerca de metade dos quais passageiros internacionais.
Mais informação em www.vinci-airports.com

Tags:

Sobre nós

Tem como missão gerir de forma eficiente as infra-estruturas aeroportuárias.

Subscrever