ANA concede bolsas solidárias

A ANA Aeroportos de Portugal, empresa do grupo VINCI AIrports, acaba de atribuir 30 bolsas de estudo a estudantes do 1º Ciclo de Bolonha para o ano letivo 2015-2016.
 
As Bolsas de Estudo ANA Solidária, com um valor anual de 3000€ por aluno, pago em 10 prestações mensais, destinam-se a alunos do 12.º ano das escolas circundantes dos aeroportos e são renováveis por mais 2 anos, de modo a garantir o apoio aos estudos durante todo o 1º ciclo de Bolonha.
 
Este apoio às comunidades envolventes dos aeroportos, por via da nossa política de Responsabilidade Social, tem permitido que a ANA, nos últimos 4 anos, tenha dado apoio a alunos carenciados permitindo-lhes realizar o sonho de frequência do ensino superior.
 
No presente ano letivo atribuíram-se mais 12 novas bolsas selecionadas entre as 84 candidaturas de residentes em Concelhos limítrofes às infraestruturas aeroportuárias sob nossa gestão. Foram, ainda, renovadas 10 Bolsas para frequência do 2º ano e 8 para frequência do 3º ano.
 
Estabelecer relações de proximidade com as comunidades vizinhas nas regiões de Lisboa, Porto, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira, é uma das linhas orientadoras da Responsabilidade Social da ANA, sendo a promoção da inclusão social, em particular através da educação, uma prioridade. Com efeito, acreditamos que apoiando o talento dos nossos jovens estamos a contribuir para o futuro do país.
 
Nota para o Editor:
Regulamento das Bolsas disponível em http://www.ana.pt/pt-PT/Topo/Institucional/SobreANA/Sustentabilidade/Envolver-a-comunidade/Bolsas-de-Estudo/Paginas/Bolsas2.aspx

Sobre o Grupo ANA
O Grupo ANA é um sólido grupo empresarial responsável pela gestão dos aeroportos em Portugal Continental (Lisboa, Porto, Faro e Terminal Civil de Beja), na Região Autónoma dos Açores (Ponta Delgada, Horta, Santa Maria e Flores) e na Região Autónoma da Madeira (Madeira e Porto Santo). Em Setembro de 2013, o Grupo ANA integrou a VINCI Airports.
 
Sobre a VINCI Airports
Operador internacional no sector aeroportuário, a Vinci Airports assegura o desenvolvimento e operação de 25 aeroportos, incluindo 11 em França, 10 em Portugal (entre os quais o hub de Lisboa, com 18 milhões de passageiros), 3 no Camboja e 1 no Chile. Servido por mais de 100 companhias aéreas, o conjunto das plataformas da VINCI Airports totalizou em 2014 um tráfego anual de 47 milhões de passageiros, com um volume de negócios de mais de 717 milhões de euros. Graças à sua experiência como integrador global, a VINCI Airports, com os seus 5400 colaboradores, desenvolve, financia, constrói, opera aeroportos e disponibiliza a sua capacidade de investimento, a sua rede internacional e o seu conhecimento especializado na otimização da gestão das plataformas existentes, de projetos de expansão ou de construção completa de infraestruturas aeroportuárias.
Desde 1 de outubro de 2015 e por um prazo de 20 anos, a Vinci Airports, a Aéroports de Paris e a Astaldi, reunidas no consórcio Nuevo Pudahuel, operaram o aeroporto internacional de Santiago do Chile, o sexto maior aeroporto sul-americano com 16,1 milhões de passageiros movimentados em 2014, dos quais quase metade passageiros internacionais.
Mais informações em www.vinci-airports.com

Tags:

Ana

Sobre nós

Tem como missão gerir de forma eficiente as infra-estruturas aeroportuárias.

Subscrever