Em setembro a Wizz Air passa a ligar Budapeste ao Porto

Wizz Air, designada como a maior companhia low cost da Europa Central e de Leste, anunciou a nova rota Porto – Budapeste, com dois voos semanais, às quartas-feiras e aos domingos estando o voo inaugural calendarizado para o próximo dia 4 de Setembro.
Budapeste torna-se assim a segunda cidade, depois de Varsóvia, a estar ligada à cidade do Porto pela Wizz Air. 
Gabor Vasarhelyi, Diretor de Comunicação da Wizz Air, afirmou: "Estamos muito entusiasmados com o anúncio de outra excelente rota para Portugal. Juntamente com Varsóvia, Budapeste é a segunda cidade para onde voamos com tarifas de baixo custo a partir do Porto e estamos confiantes que os consumidores portugueses irão apreciar uma visita a esta dinâmica capital da Europa central que ainda preserva valiosos monumentos e locais, com boas oportunidades para compras e que é reconhecida pelas suas iguarias gastronómicas. Os bilhetes já estão à venda a partir de 29.99€ em wizzair.com. A nossa simpática tripulação estará à sua espera com um sorriso num voo da WIZZ. “
Atualmente, a WIZZ Air é a 21ª companhia aérea a operar no Aeroporto do Porto e Budapeste o 75º destino direto.
Em Portugal, a WIZZ Air opera também em Lisboa, onde desde o ano passado tem voos para Varsóvia e Budapeste e inaugurou no passado 2 de junho o novo destino Bucareste.

Sobre o Grupo ANA
O Grupo ANA é um sólido grupo empresarial responsável pela gestão dos aeroportos em Portugal Continental (Lisboa, Porto, Faro e Terminal Civil de Beja), na Região Autónoma dos Açores (Ponta Delgada, Horta, Santa Maria e Flores) e na Região Autónoma da Madeira (Madeira e Porto Santo). Em Setembro de 2013, o Grupo ANA integrou a VINCI Airports.
 
Sobre a VINCI Airports
Operador internacional no sector aeroportuário, a Vinci Airports assegura o desenvolvimento e operação de 34 aeroportos, incluindo 12 em França, 10 em Portugal (entre os quais o hub de Lisboa, com 20 milhões de passageiros), 3 no Camboja, 2 no Japão, 6 na República Dominicana e o de Santiago do Chile, o sexto maior aeroporto sul-americano.
Servido por mais de 140 companhias aéreas, o conjunto das plataformas da VINCI Airports gere um tráfego de mais de 100 milhões de passageiros anuais, com um volume de negócios de mais de 820 milhões de euros 1 . Graças à sua experiência como integrador global, a VINCI Airports, com os seus 8500 colaboradores, desenvolve, financia, constrói, opera aeroportos e disponibiliza a sua capacidade de investimento, a sua rede internacional e o seu conhecimento especializado na otimização da gestão das plataformas existentes, de projetos de expansão ou de construção completa de infraestruturas aeroportuárias.
Mais informações em www.vinci-airports.com
1 - Valor de 2015 não incluindo Chile, Japão e República Dominicana 

Tags:

Sobre nós

Tem como missão gerir de forma eficiente as infra-estruturas aeroportuárias.

Subscrever