Turkish Airlines inicia nova rota para o Porto

É já a partir de hoje que a Turkish Airlines, membro da Star Alliance, inicia a sua nova rota em Portugal: Istambul – Porto, com 3 voos semanais, operados por um Airbus A319.
 
Para a companhia aérea, esta nova rota complementa o seu vasto leque de destinos internacionais, evidenciando o facto incontornável de que o Porto está a atingir uma maior visibilidade no panorama turístico europeu e mundial.
 
É de salientar que esta inauguração faz parte do investimento desta companhia aérea em Portugal, que também reforçou a sua operação em Lisboa, onde passou de 10 para 14 voos semanais. 
 
Para o Porto, esta nova rota assume elevada importância no crescimento da conectividade trazida pela ligação ao Aeroporto de Istambul (Ataturk), já que este é, indubitavelmente, um importante HUB para a Ásia, África e Médio Oriente. Adicionalmente, sendo a Turkish e a TAP Portugal membros da Star Alliance e que voam em code-share, o número de ligações a partir do Porto aumenta de forma exponencial, ampliando a conectividade do Porto, com benefícios diretos para o Turismo local e regional. O Aeroporto do Porto fica assim ainda mais ligado ao mundo.
 
Esta nova rota será mais um importante contributo para o crescimento de tráfego do Aeroporto do Porto, que assim consolidará a sua posição como principal aeroporto do Noroeste da Península Ibérica. Até ao final de Março de 2015, registou-se um total de 1,5 milhões de passageiros comerciais processados (cerca de mais 222 mil face ao 1º trimestre de 2014).

Sobre o Grupo ANA
O Grupo ANA é um sólido grupo empresarial responsável pela gestão dos aeroportos em Portugal Continental (Lisboa, Porto, Faro e Terminal Civil de Beja), na Região Autónoma dos Açores (Ponta Delgada, Horta, Santa Maria e Flores) e na Região Autónoma da Madeira (Madeira e Porto Santo). Em Setembro de 2013, o Grupo ANA integrou a VINCI Airports.
 
Sobre a VINCI Airports
Ator internacional do setor aeroportuário, VINCI Airports assegura o desenvolvimento e a exploração de 24 aeroportos - 11 em França, 10 em Portugal (incluindo o hub de Lisboa com 18 milhões de passageiros) e 3 no Camboja. O conjunto destas infraestruturas, servidas por mais de 100 companhias aéreas, totalizou um tráfego anual de passageiros, em 2014, superior a 46 milhões de passageiros. Graças à sua competência como integrador global, VINCI Airports com a força dos seus 5.000 funcionários, desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, bem como pode disponibilizar a sua capacidade de investimento, a sua rede internacional e o seu know-how na otimização da gestão de plataformas existentes, projetos de expansão ou construção de raiz de infraestruturas aeroportuárias.
A 4 de fevereiro último, a VINCI Airports, a Aéroports de Paris e a Astaldi, juntas no consórcio Nuevo Pudahuel, foram escolhidas pelo governo chileno para operar a concessão do aeroporto internacional Arturo Merino Benitez, em Santiago do Chile, que é o 6º aeroporto da América do Sul com 16,1 milhões de passageiros em 2014, cerca de metade dos quais passageiros internacionais.
Mais informação em www.vinci-airports.com

Tags:

Sobre nós

Tem como missão gerir de forma eficiente as infra-estruturas aeroportuárias.

Subscrever