United Airlines liga Washington a Lisboa

A companhia aérea americana United Airlines iniciou no dia 26 de maio, a ligação direta diária entre a capital portuguesa e a norte-americana.
 
Na passada quinta-feira, o Aeroporto de Lisboa recebeu assim, pela primeira vez, um voo regular direto de Washington, Aeroporto de Dulles que a United irá operar durante o verão, até 7 de setembro. O voo diário será realizado num Boeing 757-200 de 169 lugares, com a duração de aproximadamente oito horas.
 
Há dezanove anos que a United Airlines opera uma rota de sucesso entre o Aeroporto de Lisboa e Nova Iorque/Newark e esta nova aposta é um grande benefício para os passageiros, uma vez que reduz consideravelmente o tempo de viagem entre as duas capitais e permite, ainda, aos passageiros nacionais utilizar a excelente conectividade do Aeroporto de Dulles e assim alcançar outros destinos na América do Norte, América Latina e Caraíbas
 
A cerimónia oficial da inauguração da nova rota contou com a presença do Diretor Adjunto do Aeroporto, Nuno Ferreira e do Diretor Regional da United Airlines, Guido Araújo, tendo este realçado a importância da nova rota para a companhia e para os passageiros, e destacado o compromisso em bem servir os clientes portugueses e o reforço da rede global da United Airlines que vem melhorar os fortes laços existentes entre as duas nações.
 
Junto dos passageiros, a celebração deste novo voo fez-se com o tradicional “batismo” efetuado pelos bombeiros do Aeroporto e com a presença figurativa de Fernando Pessoa que recitou alguns poemas na receção dos primeiros passageiros desembarcados. Os primeiros passageiros a partir neste voo foram presenteados com bolo e espumante e registaram o momento numa “selfie” personalizada, numa iniciativa da ANA Aeroportos de Portugal.

Para mais informações visite o website da companhia aérea www.united.com  

Sobre o Grupo ANA
O Grupo ANA é um sólido grupo empresarial responsável pela gestão dos aeroportos em Portugal Continental (Lisboa, Porto, Faro e Terminal Civil de Beja), na Região Autónoma dos Açores (Ponta Delgada, Horta, Santa Maria e Flores) e na Região Autónoma da Madeira (Madeira e Porto Santo). Em Setembro de 2013, o Grupo ANA integrou a VINCI Airports.
 
Sobre a VINCI Airports
Operador internacional no sector aeroportuário, a Vinci Airports assegura o desenvolvimento e operação de 34 aeroportos, incluindo 12 em França, 10 em Portugal (entre os quais o hub de Lisboa, com 20 milhões de passageiros), 3 no Camboja, 2 no Japão, 6 na República Dominicana e o de Santiago do Chile, o sexto maior aeroporto sul-americano.
Servido por mais de 140 companhias aéreas, o conjunto das plataformas da VINCI Airports gere um tráfego de mais de 100 milhões de passageiros anuais, com um volume de negócios de mais de 820 milhões de euros 1 . Graças à sua experiência como integrador global, a VINCI Airports, com os seus 8500 colaboradores, desenvolve, financia, constrói, opera aeroportos e disponibiliza a sua capacidade de investimento, a sua rede internacional e o seu conhecimento especializado na otimização da gestão das plataformas existentes, de projetos de expansão ou de construção completa de infraestruturas aeroportuárias.
Mais informações em www.vinci-airports.com
1 - Valor de 2015 não incluindo Chile, Japão e República Dominicana

Tags:

Sobre nós

Tem como missão gerir de forma eficiente as infra-estruturas aeroportuárias.

Subscrever

Media

Media