COMPENSAÇÕES ATRIBUÍDAS PELO FUNDO SOLIDÁRIO E INDEMNIZAÇÕES PAGAS AO ABRIGO DE CONTRATOS DE SEGURO JÁ ULTRAPASSAM OS 5 MILHÕES DE EUROS

A Associação Portuguesa de Seguradores informa que está em fase de conclusão o processo de atribuição de compensações devidas pelo Fundo de Solidariedade, no valor de 2,5 milhões de euros, constituído pelas empresas de seguros, para apoio aos familiares das pessoas falecidas no incêndio de Pedrógão Grande e para apoio aos feridos graves e muito graves:
 
·         Foram já analisados todos os processos relativos às 65 pessoas falecidas, assim como os processos relativos a 13 dos 14 casos de feridos graves.
 
·         Relativamente aos processos que respeitam a pessoas falecidas foram já pagas ou atribuídas compensações em 62 casos. Nos restantes 3 casos, aguarda-se ainda informação complementar.
 
·         Relativamente aos feridos, foram já pagas e/ou atribuídas compensações em 13 dos 14 casos, ainda que, nalgumas situações, o pagamento da respetiva compensação ao ferido esteja dependente da evolução da sua situação clínica. Nalguns casos, foram feitos adiantamentos aos familiares mais diretos, para poderem fazer face a despesas mais imediatas.
 
·         Até ao momento, beneficiaram do apoio deste Fundo, 87 pessoas, todas elas com vínculos familiares às pessoas falecidas. Em termos de grau de parentesco contam-se 40 filhos (5 dos quais menores); 11 cônjuges/pessoas vivendo em união de facto; 24 ascendentes e 12 irmãos. A estas 87 pessoas acrescem os 13 feridos a quem foram também atribuídas compensações, num total de 100 pessoas.
 
·         Em termos de montante total, foram já pagas e atribuídas pelo Fundo Solidário compensações no valor de 2 milhões e 96 mil euros.
 
 
Indemnizações pagas ao abrigo dos contratos de seguro
 
Para além das compensações pagas pelo Fundo Solidário, as empresas de seguro já pagaram também uma parte muito significativa das indemnizações devidas ao abrigo de contratos de seguro.
(cont.)
·         A título de coberturas de morte, invalidez, ou danos corporais, designadamente seguros de Vida, Acidentes de Trabalho ou Acidentes Pessoais foram também já pagos mais de 1 milhão de euros de indemnizações. Estão pendentes de pagamento mais de 1 milhão e meio de euros, devido à mecânica de funcionamento dos seguros de acidentes de trabalho sempre sujeitos ao ritmo de funcionamento dos tribunais de trabalho por onde os processos têm obrigatoriamente que transitar.
 
·         A título de seguros de bens e património, designadamente seguros com cobertura de incêndio ou multirriscos, foram já pagas indemnizações superiores a 2,6 milhões de euros para reparação de danos sofridos por 320 habitações. Estão pendentes de pagamento, cerca de 1 milhão de euros.
 
·         Foram também pagos 180 mil euros de indemnizações relativos aos danos próprios de viaturas destruídas pelos incêndios.
 
Em suma, as compensações atribuídas pelo fundo solidário e as indemnizações pagas ao abrigo de contratos de seguro já ultrapassam os 5 milhões de euros.

Tags:

Sobre nós

Associação fundada em 1982, sem fins lucrativos, que reúne companhias de seguros e resseguros que operam no mercado nacional, independentemente da sua natureza jurídica ou da sua nacionalidade. O conjunto das Associadas da APS representa atualmente mais de 99% do mercado segurador, quer em volume de negócios, quer em efetivos totais empregados.

Subscrever