Associação Abraço apresenta “Minha Senhora”

Esta é uma história de amor. Não um amor qualquer, mas um daqueles que acontece por obrigação. Um casamento forçado que segue com base na aceitação e que, com o tempo, se torna numa relação de ternura e cuidado.

Esta é uma história entre a não-aceitação e a aceitação, entre a raiva e a afeição, entre o ódio e o temor, entre o errado e o certo. Esta é uma história entre a vida e a morte. Esta é uma história real não para um, mas para muitos homens e mulheres. Esta é a história de um ser-humano que, um dia, descobre estar infectado com HIV e entende este vírus como sua eterna amante, que o transformou num homem diferente. Esta é uma mensagem de que o HIV não escolhe idades, géneros ou estatutos sociais e económicos. Esta é uma homenagem a todos aqueles que cometeram um erro.

"Este meu menino prega-me tantas partidas. Agora arranjou uma companheira nova lá nas suas viagens pelo mundo. Ele que nunca se prendeu a ninguém, agora diz que está preso para o resto da vida… Disse-me ele: Joana, vais ter que a aceitar como eu a aceitei. Não gosto dela, mas há tantos anos que trabalho para a família que não será por ela que deixarei se tratar dele. É e será sempre o meu menino... Ele até já me disse o nome dela: chama-se HIV."

A Associação ABRAÇO apresenta a peça "Minha Senhora", com texto de Marisa Carvalho, música original de FF (Fernando Fernandes), guarda-roupa de Nuno Gama, encenação de Paulo César e interpretação de Flávio Gil. Na Academia de Santo Amaro, às 2ªs e 3ªs feiras às 21,30 horas, a partir de 27 de Abril.

Tags:

Hiv

Sobre nós

Associação de apoio a doentes portadores do vírus HIV/Sida.

Subscrever

Media

Media