Apresentação do livro “As Palavras Que a Memória Conta” de Idalina Cassito

Integrado no Programa de Leitura em Meio Rural, a Biblioteca Municipal de Beja - José Saramago - promove há já alguns anos conversas com grupos de idosos das freguesias rurais do concelho. “Conversas Andarilhas” é por isso um projeto de continuidade que, entre outros objetivos, trabalha a função social da leitura.
Recentemente foram editadas duas recolhas de poesia de autor, feitas no seio das comunidades onde intervimos, e neste ano em que o trabalho desenvolvido nas freguesias rurais é em torno da Oralidade, esse grande património, tornou-se imperativo a edição de um novo título da Coleção Vozes que Perduram. 


Amanhã, dia 15 de fevereiro, pelas 19h00, na Biblioteca Municipal de Beja, será apresentado o livro “As Palavras Que a Memória Conta” de Idalina Cassito. Um trabalho de recolha com uma informante privilegiada que é uma transcrição descomprometida cientificamente, mas com o legado de uma mulher que tem tanto para partilhar.


Escutar Idalina Cassito é ouvir um repertório ora humorístico, ora dramático, em que de uma palavra brota uma história e estende-se no horizonte da espontaneidade, porque sempre esteve envolvida no trabalho do campo, na lida da casa, nas tarefas, mas também nas conversas as mulheres mais velhas ora no campo, ao poial da porta ou na casa da velha vizinha que contava coisas de mulheres, romances, modas, ou contos maravilhosos.
Dar voz a alguém que guardou tantas palavras que a sua memória conta é o objetivo desta apresentação que contará com alguns apontamentos musicais pelas “Rosinhas de Santa Clara do Louredo”.

Sobre nós

Entidade publica de gestao local.

Subscrever

Media

Media