Beja acolhe, a 11 de Novembro, o Colóquio Internacional Europae Thesauri 2017

Esta iniciativa, promovida por Europae Thesauri – Association Internationale des Trésors et Musées d’Église, em parceria com o Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja, o Município de Beja e o Centro UNESCO para a Arquitectura e a Arte Religiosas, traz a Portugal figuras de referência da arte sacra, oriundos de diversos países da Europa.

O objectivo do encontro é dar a conhecer algumas das mais interessantes iniciativas levadas a cabo, durante a última década, em diferentes pontos do território europeu, no âmbito do conhecimento científico e da valorização dos monumentos e museus religiosos e das suas colecções. Europae Thesauri, organismo assessor da União Europeia, desenvolve intensa acção a um nível multilateral e tem assumido papel inovador na forma de entender a arte sacra, de modo a torná-la acessível a um público alargado, reflectindo inúmeras transformações operadas neste âmbito durante os últimos anos. 

Trazendo a lume algumas das linhas principais do trabalho recentemente desenvolvido em países como a Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Holanda, Itália, Luxemburgo ou Portugal, no âmbito de museus, centros de investigação e universidades, o encontro de Beja pretende fazer um “ponto da situação actual” de um sector que regista grandes desafios, especialmente no que toca à segurança contra o furto e o vandalismo, mas que é responsável por um crescimento significativo dos fluxos turísticos. Numa conjuntura em que o turismo cultural e religioso ganha extraordinário protagonismo, em termos europeus, torna-se indispensável repensar o futuro da arte sacra.

Isto depende, em larga medida, da capacidade de comunicar adequadamente a “mensagem profunda” do património religioso. De facto, assiste-se hoje a uma crescente dificuldade na compreensão dos conteúdos vinculados ao culto e à devoção, sem os quais a leitura global de monumentos e obras de arte acaba por ficar empobrecida – para não dizer amputada do essencial. Se é certo que algumas ferramentas tecnológicas podem ajudar a colmatar esta lacuna, o problema de fundo permanece intacto: entender o significado do património, e muito especialmente do património religioso, eis a questão.

Uma das mais-valias da intervenção de Europae Thesauri, a um nível global, prende-se com o funcionamento, em rede, dos mais destacados monumentos e museus de arte sacra à escala europeia, o que tem permitido actuar nas políticas públicas em favor do património e na alocação de recursos financeiros – comunitários, estatais e privados. Outro campo que vai ser abordado pelo encontro prende-se com o incremento do diálogo entre a arte do passado e a criação contemporânea e o apoio aos artistas emergentes. Europae Thesauri tem dado uma atenção constante à presença dos mais interessantes criadores dos nossos dias nos monumentos e museus religiosos, assumindo função destacada na promoção das vanguardas.

Entre os especialistas que se vão reunir no Alentejo para debater estas temáticas encontram-se alguns dos principais peritos internacionais do sector, com destaque para o presidente de Europae Thesauri, Bernard Berthod, director do Musée d’Art Religieux de Fourvière, em Lyon; Georges Kazan, da Escola de Arqueologia da Universidade de Oxford; Sibylla Goegebuer e Benoît Kervyn de Volkaersbeke, dos Monumentos e Museus de Bruges; Julien Maquet, director do Archéoforum, de Liège; Hermann Reidel, da Associação de Museus de Língua Alemã; Manuel Gracia Rivas, da Real Academia de la Historia, de Madrid; Matthias Theodor Kloft, professor da Goethe-Universität, de Frankfurt; e Gäel Favier, da École Pratique des Hautes Études (Sorbona), de Paris. Juntam-se-lhe especialistas portugueses.

Do programa de visitas de estudo complementares destacam-se as sessões consagradas ao Museu de São Roque, à Basílica e ao Convento de Mafra e ao património paleocristão de Mértola, nichos de excelência do património religioso português. 

A participação no Colóquio é livre, mediante inscrição a remeter para:  dpdb@sapo.pt

Informações em: 962 414 521 / 284 320 918.

Sobre nós

Entidade publica de gestao local.

Subscrever

Media

Media