Julho em Beja

Chega Julho e com ele damos as boas vindas ao calor e aos dias compridos, que convidam a descontrair.

A reabertura da piscina e a chegada das Noites ao Fresco, as atividades da Biblioteca, desportivas ou os passeios pedestres, são parte da animação que faz de Beja um concelho vivo e pleno de energia. Nos finais de tarde demorados, a proposta é sair à rua, desfrutar da cidade, retomar relações de vizinhança e afetos esquecidas na pressa dos dias e participar nas muitas ofertas culturais que o Município e diversos parceiros estão a promover. É o caso das parcerias estabelecidas para dinamização da cidade, retomando a tradição dos mastros alusivos aos santos populares, que têm animado os serões e promovido o convívio entre gerações. E é, desde logo, o Festival Beja na Rua, que transformou as ruas da cidade numa enorme sala de espetáculos ao ar livre. Integrando os produtores e artistas locais, com contributos de muitos cidadãos, as ruas são agora o palco de exposições, cante alentejano, performances, música, poesia, teatro ou arte urbana.

Estas são algumas das ofertas que trazem cor e vida à cidade, recuperam frases famosas duma freira chamada Mariana Alcoforado, embelezam as paredes duma rua improvável ou decoram os céus com retalhos de luz e cor. Convidamos os bejenses a estar atentos e ser surpreendidos com uma pintura mural ou o encontro com músicos ou atores ao virar de uma esquina. Estes eventos colocam Beja “nas bocas do mundo”, promovem a imagem da cidade no exterior e estimulam a visita, incrementando, assim, o turismo e as receitas que dele podemos obter.

O centro histórico, palco de todos os eventos, é o ex-libris que queremos revitalizar e devolver aos cidadãos. Queremos desafiar-vos a viver mais a nossa cidade, no nosso “largo”, onde antes era o “centro do mundo”, nas palavras do grande Manuel da Fonseca.

Tags:

Sobre nós

Entidade publica de gestao local.

Subscrever

Media

Media