Festival A Salto

 

A cidade de Elvas vai acolher a edição zero do Festival A Salto , nos dias 29, 30 e 31 de julho. Quinze coletivos artísticos vão tomar de assalto diversos locais não convencionais da cidade com projetos criativos que convidam o público a interagir.

A Associação Cultural Umcoletivo apresenta a edição zero do Festival A Salto com o objetivo de celebrar a visão contemporânea do campo ampliado das artes, através da ocupação de espaços não convencionais e de alguma forma subaproveitados.

“Estamos sediados em Elvas desde novembro de 2015 e detetamos que em Elvas havia necessidade de recuperar discplinas artísticas e ocupar espaços em desuso”, explica Cátia Terrinca, da Associação Cultural Umcoletivo.

A tomada artística da cidade ocupa uma série de espaços não convencionais, igrejas, associações desportivas e culturais de Elvas, envolvendo comerciantes, moradores e artistas.

Cátia Terrinca explica ainda que os objetivos do festival passam pela “ocupação e visibilidade do património da cidade da Elvas” e “possibilitar o acesso à arte contemporânea dos cidadãos elvenses”, ao mesmo tempo que visa “contribuir para melhorar a oferta turística da cidade, aliada à oferta que a cidade já oferece aos visitantes”.

A associação promete “levantar questões relacionadas com a definição estável da arte, promovendo objetos artísticos transdisciplinares e fronteiriços, bem como atos que expandam a consciência da realidade capturada pelos sentidos.”

Antes do início do festival, nos dias 25, 27 e 29, realiza-se um workshop de desenho e observação no Claustro da Biblioteca Municipal Dr.ª Elsa Grilo, por Diogo Costa, entre as 10:30 e as 13 horas e, no Espaço Alma, Ricardo Guerreiro Campo expõe o seu projeto de artes plásticas “Objetualidades”, que reflete sobre a relação entre o objeto e o corpo. Nos dias 25 a 28 de julho, a associação vai estar no Jardim das Laranjeiras, das 10 às 13 horas, com Body Paint, uma jornada de aprendizagem de técnicas de percepção sensorial. Na sede da ARKUS, nos dias 27 e 28 de julho, realiza-se o teatro de sombras/ atelier de marionetas “Origami” e “Silhuetas”.

 

Evento : Festival A Salto

Onde : Cidade de Elvas

Quando : 29, 30 e 31 de julho

Gratuito

Mais informações em : http://www.umcoletivo.pt/

 

Programa

Sexta-feira , 29 de julho

Desenho | ASSUNTO DELICADO

Torre Fernandina - 18h (Exposição até dia 31 às 18h)

Videoart | A ARTE DO NÃO-RETRATO

Loja TRIVAL  - 21h às 00h (Repete dia 30 de julho)

Música vídeo | SAMPLADÉLICOS

Mercado Casa das Barcas - 22h30

Teatro de sombras | MURALHA MÃE

Sede da Arkus - 22h

 

Sábado, 30 de julho

Dança |PÚBLICO-PRIVADO

Rua de Alcamim - 17h30 às 18h30

Teatro |SERMÃO DE ST. ANTÓNIO AOS PEIXES

Igreja das Domínicas - 11h

Música | BANDA SONORA

Fábrica da Ameixa de Elvas - 18h30

Teatro | LEÕES & BICHOS

espaço a designar - às 22h

Teatro | O JOGO DO AMOR

Sociedade Instrução e Recreio - 30 de Julho às 00h e 31 de Julho às 16h

 

Domingo, 31 de julho

Literatura | EVANGELHO

Antiga Sede Linhas de Elvas - 30 e 31 de Julho das 10h às 13h

Música cinema | CHARLIE MANCINI

Academia de Música de Elvas - 18h

Artesanato performance | RAKU AO LUAR

Castelo - 22h

Durante todo o período do festival

Realidade aumentada | ASSALTO À ÁGUA!

Fontes da cidade de Elvas - Acessível a partir de telemóveis

Instalação | O QUE RESTA

Casa Devoluta

Artesanato | ARTE-SÃ-NATA

Sem local definido

Sobre nós

Câmara Municipal de Elvas.

Subscrever

Media

Media