“O Concelho de Elvas e os Elvenses não mereciam”

 

“O Concelho de Elvas e os Elvenses não mereciam…” lamenta Nuno Mocinha, presidente da Câmara Municipal de Elvas, que acompanha ao minuto o incêndio que deflagrou no Convento de São Paulo, em Elvas.

“É triste ver o nosso Convento de São Paulo a arder. Há dois dias foi anunciado um hotel, hoje arde parte do edifício” refere o autarca sobre o edifício que integra o Programa de Valorização do Património.

O Convento de São Paulo foi o primeiro de 30 imóveis do Estado a ser concessionado a privados no âmbito do Programa de Valorização do Património, que visa a requalificação de 30 imóveis do Estado através de investimentos privados e foi recentemente visitado pelo ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

O incêncio deflagrou esta tarde no interior do Convento de São Paulo e afecta a área das instalações do antigo Tribunal Militar. As causa do incêndio ainda não foram apuradas.

 

Sobre nós

Câmara Municipal de Elvas.

Subscrever

Media

Media