Ciclo de Conferências “Arqueologia em Terras de Sousa e Tâmega”

O Museu Casa do Assento recebeu, este sábado, dia 26, a conferência “O Castro da Senhora Aparecida (Pinheiro, Felgueiras) e a mineração do estanho - do Bronze Final à época Romana”. Esta conferência, que teve como orador o Dr. Marcelo Mendes Pinto, do Gabinete de Arqueologia da Câmara Municipal de Felgueiras, insere-se no Ciclo de Conferências “Arqueologia em Terras de Sousa e Tâmega”. A sessão foi ainda abrilhantada pela atuação do Rancho Folclórico de Santo André de Friande.

O Castro da Senhora Aparecida, na freguesia de Pinheiro, concelho de Felgueiras, foi identificado em 1990 e revelou uma ocupação desde o Bronze Final até aos finais da época romana. A 562 metros de altitude, domina o anfiteatro da bacia superior do rio Sousa, e a sua importância advém-lhe da proximidade aos montes que se estendem do Seixoso à Penouta, onde subsistem vestígios da extração do estanho, e do facto de controlar as rotas do comércio deste minério para o vale do Ave, para o interior norte, para o vale do Tâmega e para o litoral através do vale do Sousa.

As escavações arqueológicas revelaram também uma ocupação romana desde o século I e que perdurou, pelo menos, até aos finais do século IV, tendo sido encontrada uma estatueta do deus Júpiter em bronze.

 

Em junho, a conferência “O Românico do Vale do Sousa” terá lugar na Casa do Adro, em Pombeiro, pelas 15h00 do dia 16. O Dr. Manuel Luís Real, Investigador do CITCEM (Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória -FLUP) e do Instituto de Estudos Medievais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa será o orador.

 

Museu Casa do Assento

Esta conferência teve lugar no Museu Casa do Assento, que abriu portas este sábado não só para acolher todos os interessados pelo vasto património arqueológico do nosso concelho, mas também para dar a conhecer a intervenção arquitetónica levada a cabo no edifício da Casa do Assento. Este espaço irá albergar e dar a conhecer, através dos seus espaços expositivos, um espólio etnográfico de relevante valor patrimonial, e cujo projeto museográfico se encontra em fase de conclusão.

Tags:

Sobre nós

Câmara Municipal de Felgueiras.

Subscrever

Media

Media