FELGUEIRAS APRESENTA BOA PRÁTICA PARA A CONSERVAÇÃO NATURAL DE VINHOS

Este sábado, no âmbito da estratégia de inovação e de valorização das atividades empresariais e do turismo, decorreu, no Café Concerto da Casa das Artes de Felgueiras, um workshop subordinado ao tema “Vinhos mais Naturais: flor de castanheiro em vez de sulfitos”. Fernando Paiva (Quinta da Palmirinha) e Isabel Ferreira (Instituto Politécnico de Bragança) foram os oradores.

Fernando Paiva, da Quinta da Palmirinha, produtor local de vinho de agricultura biodinâmica, apresentou os resultados do teste do uso da flor de castanheiro em substituição dos sulfitos na conservação dos vinhos, e Isabel Ferreira, professora e coordenadora científica do Mountain Research Centre (CIMO), do Instituto Politécnico de Bragança (IPB), responsável pela investigação em questão, explicou a validade científica e a viabilidade para introduzir no mercado o referido aditivo natural. Esta inovação resultou da parceria da Quinta da Palmirinha com o IPB.

Este workshop debruçou-se assim sobre a inovação na conservação dos vinhos, algo bastante relevante neste território, considerando que Felgueiras é o maior produtor de vinhos da Região dos Vinhos Verdes, com uma produção de cerca de 14 milhões de litros, o que representa 15% do total da região.

No final, houve prova de vinhos conservados com flor de castanheiro, das produções de 2016 e de 2017, e prova de Pão de Ló e cavacas de Margaride, com serviço dos alunos do Curso de Serviço de Mesa da Escola EB 2/3 de Idães. A harmonização foi perfeita, com um momento musical proporcionado por um aluno do Conservatório de Música de Felgueiras.

Tags:

Sobre nós

Câmara Municipal de Felgueiras.

Subscrever

Media

Media