MANGUALDE CELEBROU DIA MUNICIPAL PARA A IGUALDADE

«A IGUALDADE TEM QUE SER ENCARADA COMO UM PROJETO DE CIDADANIA E DE PROMOÇÃO DE DIREITOS, DE FELICIDADE E DO BEM COMUM. HÁ QUE APOSTAR NESTA FAIXA ETÁRIA DE FORMA A MUDAR MENTALIDADES, PRECONCEITOS E BARREIRAS ESTEREOTIPADAS»

O município de Mangualde celebrou o Dia Municipal para a Igualdade em parceria com a ACCIG e o Agrupamento de Escolas, com duas sessões de sensibilização dirigida a alunos/as do 3º B e do 4º EB
, dinamizadas por Rosalina Alegre, Presidente da ACCIG - Associação, Conhecimento, Cultura e Igualdade de Género. A apresentação pela Presidente da ACCIG incidiu sobre um conto infantil intitulado "Era uma vez...", da autoria de Rosabela Afonso, sobre Ana de Castro Osório, uma ilustre escritora mangualdense. 
 
A Vereadora da Ação Social da Câmara Municipal de Mangualde, Maria José Coelho, que esteve presente, falou em sentido lato sobre a importância das questões da igualdade, igualdade de género e de oportunidades, focando algumas áreas como a educação, a saúde, o urbanismo, a cultura, a linguagem no sentido de dar a conhecer que a igualdade está presente e é transversal a todas as áreas da sociedade. «A igualdade tem que ser encarada como um projeto de cidadania e de promoção de direitos, de felicidade e do bem comum. Há que apostar nesta faixa etária de forma a mudar mentalidades, preconceitos e barreiras estereotipadas», sublinho a vereadora.
 
Rosalina Alegre deu a conhecer a figura e o percurso de vida de Ana de Castro Osório na promoção da igualdade, nomeadamente na igualdade de género, explorando desta forma o conceito de igualdade, e sensibilizou as/os alunas/os para a importância da leitura, da escrita e do conhecimento de uma forma geral, para que se tornem cidadãs/cidadãos ativas/os e esclarecidas/os.

Tags:

Sobre nós

Câmara Municipal de Mangualde.

Subscrever

Media

Media