REGENERAÇÃO URBANA ARRANCA EM MANGUALDE

A autarquia de Mangualde efetuou na passada sexta-feira, dia 29 de julho, a primeira candidatura do seu Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano ao Portugal2020 (PEDU). A requalificação do Espaço Público do Bairro do Modorno será assim o primeiro grande investimento na Regeneração Urbana de Mangualde. O investimento estimado em 400 mil euros irá requalificar infraestruturas, melhorar a pavimentação existente, aumentar a eficiência energética na iluminação pública e permitirá a alavancagem do investimento privado.
O investimento com execução para 2106 está neste momento em fase concursal e faz parte do pacote financeiro de 5 milhões de euros inscritos no PEDU de Mangualde e negociado com a CCDR para a Regeneração Urbana.
 
“(…) SERÁ O MAIOR INVESTIMENTO PÚBLICO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS NO CONCELHO COLOCANDO MANGUALDE NO PELOTÃO DA FRENTE DAS CIDADES COM REGENERAÇÃO URBANA”
Para o presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, “está dado o primeiro passo para o início do que será o maior investimento público das últimas décadas no concelho colocando Mangualde no pelotão da frente das cidades com regeneração urbana” . João Azevedo afirma ainda que “a autarquia de Mangualde e os serviços técnicos têm feito um trabalho extraordinário na agilização dos procedimentos técnicos para que o investimento negociado no PEDU com a CCDR se traduza em obra. A requalificação do Bairro do Modorno é a primeira etapa, mas posso afirmar convictamente que temos mais candidaturas na forja e que serão submetidas muito brevemente.”
 
“(…)CANDIDATURAS JÁ EFETUADAS PARA INVESTIMENTO EM NOVAS ETAR’S, NA MELHORIA DA REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUAS, NA INTERVENÇÃO FLORESTAL, NA MOBILIDADE (…)”
O edil mangualdense acrescenta ainda que “o trabalho que tem sido feito não se restringe apenas à regeneração urbana. Estamos atentos a todas as linhas de financiamento do Portugal 2020 e temos candidaturas já efetuadas para investimento em novas ETAR’S, na melhoria da rede de abastecimento de águas, na intervenção florestal, na mobilidade e também a preparar candidaturas para eficiência energética e no âmbito do acordado no Pacto de Desenvolvimento Territorial com a CIM Viseu Dão Lafões.
 
A requalificação do Bairro do Modorno terá uma comparticipação dos fundos comunitários de 85% do valor do investimento.

Tags:

Sobre nós

Câmara Municipal de Mangualde.

Subscrever

Media

Media