Arrancaram já as obras de requalificação do parque La Salette

A Fundação La Salette (FLS) arrancou já com as obras de modernização do parque da cidade de Oliveira de Azeméis dando início aos trabalhos de requalificação do parque infantil, sénior e desportivo.

Esta é a primeira de oito operações que integram o projecto global de requalificação do parque La Salette que o transformarão num espaço moderno e virado para o futuro.

O investimento total, de 4,1 milhões de euros, é financiado pelo ON2- Programa Operacional Regional do Norte.

A intervenção em curso, no valor de 156 mil euros, pretende recuperar o actual parque infantil face à sua degradação e à necessidade de introduzir novas dinâmicas e combater a carência de equipamentos para crianças e idosos.

A Fundação La Salette pretende transformar a zona infantil numa infra-estrutura «moderna, segura e atraente» recorrendo, para isso, à construção de um espaço polivalente, preparado e dimensionado para cumprir a sua função.

O plano contempla uma área recreativa (com equipamentos para as áreas infantil e sénior), uma área desportiva e um outro espaço de usufruto dos visitantes.

A área de intervenção será totalmente vedada visando garantir a segurança dos utilizadores do espaço e evitar actos de vandalismo.

Em temos de equipamento infantil serão aplicados baloiços, escorregas multifuncionais, molas e flores falantes. Já ao nível do parque sénior as estruturas propostas (roda/leme, patins e volante) têm como objectivo desenvolver e manter a mobilidade, o equilíbrio e a coordenação dos membros.

No que se refere à área desportiva, destinada ao exercício físico e ao futebol, será recuperado o actual campo sintético.

A intervenção reserva ainda locais para a instalação de mobiliário urbano com a criação de pequenas áreas de estadia e de uma área de circulação pedonal. O projecto prevê a aplicação de bancos de madeira, candeeiros, papeleiras e de um bebedouro, bem como a substituição e plantação de árvores.

O projecto garante a acessibilidade das pessoas com mobilidade condicionada, a intervenção dos meios de socorro, a existência de passadeiras e a circulação automóvel a baixa velocidade.

Segundo a Fundação La Salette, a entidade gestora dos 17 hectares de arvoredo, o objectivo é transformar o actual parque infantil num «espaço multifuncional para crianças e adultos, garantindo a sua harmonia com a área envolvente em que está inserido».

Tags:

Sobre nós

Município de Oliveira de Azeméis.

Subscrever

Media

Media