Autarquia apresenta as preferências culturais dos munícipes

A biblioteca municipal Ferreira de Castro, o Centro Lúdico e o Arquivo municipal de Oliveira de Azeméis foram os equipamentos que, de acordo com um diagnóstico desenvolvido pela autarquia, conquistaram a preferência dos munícipes no que diz respeito à qualidade das instalações e eficácia dos serviços.

O diagnóstico aos hábitos culturais e expectativas da população oliveirense, realizado no âmbito da elaboração do Plano Municipal da Cultura (PMC) para 2013, «surge da necessidade de valorizar e potenciar o que de melhor existe no concelho», afirmou o presidente da autarquia.

De acordo com Hermínio Loureiro, «a apresentação dos resultados, baseada no modelo SWOT, uma descrição estratégica onde se detetaram os pontos fortes e fracos, as oportunidades e as ameaças do município face às questões culturais, permitiu conhecer as debilidades do concelho no sentido de as corrigir e melhorar».

«Pretendemos uma cultura de proximidade porque este é um PMC geral que pretende enquadrar as atividades desenvolvidas por um conjunto de entidades», disse.

Segundo Hermínio Loureiro, que falava em conferência de imprensa, «Oliveira de Azeméis é um concelho com incontornáveis personalidades e tradições culturais, pelo que é importante a apreciação destes valores».

O PMC, um documento estratégico para as políticas de atuação do município no que respeita às atividades culturais, pretende ser «um projeto ambicioso que visa melhorar a eficácia da ação do município indo ao encontro das necessidades dos munícipes», afirmou a vereadora do pelouro da cultura.

Para Gracinda Leal, «o plano pretende ainda o desenvolvimento de projetos na área cultural e o enquadramento das atividades efetuadas por diferentes entidades nesta área».

A ação, iniciada em 2010, incluiu, numa primeira fase, o levantamento por áreas temáticas dos projetos desenvolvidos e equipamentos existentes no concelho, com base nos dados disponíveis nos diversos serviços municipais.

Foram ainda realizadas sessões de trabalho temáticas com os representantes das juntas de freguesia e associações destinadas à obtenção de informação das atividades desenvolvidas e das suas expectativas.

Posteriormente foi desenvolvido o processo de auscultação da população pelo que a autarquia disponibilizou um inquérito individual em papel e na página eletrónica do município.

Neste momento, e após a análise e apresentação dos resultados, está em curso o período de participação pública através do qual os munícipes podem deixar sugestões.

Para participar é necessário o preenchimento do formulário disponível na página eletrónica do município em www.cm-oaz.pt.

Tags:

Sobre nós

Município de Oliveira de Azeméis.

Subscrever

Media

Media