Autarquia aprova projeto de combate à pobreza e ao desemprego

No dia em que a Rede Social comemorou 11 anos de participação ativa, foi submetido à aprovação do Conselho Local de Ação Social de Oliveira de Azeméis (CLASOA) o plano de ação do Contrato Local de Desenvolvimento Social Mais (CLDS ) do município.O respetivo instrumento de política social, aprovado em sessão plenária, tem como finalidade promover a inclusão social dos cidadãos através de ações, a executar em parceria, que permitam contribuir para o aumento da empregabilidade, para o combate das situações críticas de pobreza e de exclusão social.Tem igualmente especial atenção na concretização de medidas que promovam a inclusão ativa das pessoas com deficiência e incapacidade.«O CLDS contempla um modelo de gestão que prevê o financiamento, até 150 mil euros por ano, do projeto TIME, como é designado», afirmou Gracinda Leal.O TIME tem um período de vigência de dois anos, inclui ações de intervenção obrigatórias que respondem às necessidades previamente diagnosticadas, e tem como entidade Coordenadora Local da Parceria a Obra Social de S. Martinho da Gândara.De acordo com a responsável da ação social, «é tempo de incluir, inovar e empreender», pelo que, «esta é uma forma de chegar junto daqueles que precisam de respostas concretas aos seus problemas e carências».O TIME aposta numa concentração de recursos fundamentais estando estes integrados em três eixos de intervenção obrigatórios: Emprego, Formação e qualificação; Intervenção familiar e parental; Capacitação da comunidade e das instituições.Este projeto apresenta assim uma total convergência com o Diagnóstico Social e Plano de Desenvolvimento Social do Município.

Tags:

Sobre nós

Município de Oliveira de Azeméis.

Subscrever

Media

Media