Oliveira de Azeméis celebra Dia Mundial do Consumidor

No âmbito das comemorações do Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, o Município de Oliveira de Azeméis, através do Serviço de Informação e Apoio ao Consumidor (SIAC) levou a cabo uma sessão de esclarecimento intitulada «direitos do consumidor e negociação extrajudicial».
Numa altura em que o fenómeno do consumo nos atinge de forma tão evidente na vida quotidiana, questões como os direitos do consumidor, as consequências socioeconómicas resultantes das más escolhas ao nível do consumo e a arbitragem nos serviços públicos essenciais foram debatidos diante de uma plateia composta maioritariamente por estudantes do 11º ano de escolaridade da escola Ferreira de Castro.
«As pessoas estão a ter dificuldades, que podem ser de gestão corrente, devido à perda do emprego ou ao aumento de despesas por qualquer motivo», afirmou Pedro Marques, vereador da Câmara Municipal.
«Hoje em dia é importante recorrer ao aconselhamento antes da contração de crédito», disse o autarca ao reafirmar a importância da comemoração deste dia, que celebra mundialmente a relação entre prestadores de serviço e clientes.
Ana Passos, coordenadora do Gabinete de Apoio ao Sobreendividado da DECO, refere que «mais de metade das famílias referiu o crédito pessoal como a sua principal dívida de crédito».
Segundo a responsável, «muitos destes créditos são do tipo crédito por telefone ou crédito fácil».
«Há que identificar e distinguir entre o que desejamos e o que necessitamos e, desta forma, proceder à mudança de mentalidades e atitudes», concluiu.
Na sessão de informação, que decorreu na biblioteca municipal Ferreira de Castro, também marcou presença Isabel Afonso, diretora do Tribunal Arbitral de Consumo do Porto.

Tags:

Sobre nós

Município de Oliveira de Azeméis.

Subscrever

Media

Media