Projecto europeu debate consumo e prevenção de drogas em Oliveira de Azeméis

As toxicodependências, a necessidade da sua prevenção em contexto escolar e os modos a aplicar no seu combate vão estar em debate num seminário a realizar no dia 14 de Outubro na escola EB 2,3 Bento Carqueja, em Oliveira de Azeméis.

A iniciativa da autarquia realiza-se no âmbito do projecto de cooperação transnacional «Gerações Saudáveis» que envolve os municípios de Oliveira de Azeméis e de Kahramanmaras, da Turquia.

O encontro, destinado a pais, alunos, professores e auxiliares de educação educativa, pretende ser uma acção de formação e informação em matérias importantes como as da prevenção e da intervenção no meio escolar face ao uso de substâncias tóxicas.

A iniciativa tem a participação de reconhecidas técnicas ligadas á temática das toxicodependências e inicia-se às 21h00 com a intervenção de Iolanda Martins, do Centro de Respostas Integradas do Porto.

A técnica, formada em psicologia clínica, irá abordar os contextos da família e da escola no trabalho da prevenção, bem como os factores que podem precipitar ou diminuir a probabilidade do consumo ou da experimentação de substâncias psicoactivas.

O Centro de Atendimento Temporário de Coimbra dará o seu contributo através da técnica Clara Abrantes que fará a sua abordagem à temática antes da apresentação do projecto «Riscos Calculados», da responsabilidade das técnicas Mariana Azevedo, formada em psicologia clínica, e Telma Silva, licenciada em educação social.

Ambas as técnicas integram o projecto de prevenção das toxicodependências desenvolvido pela Associação de Jovens Ecos Urbanos.

Ao abrigo do projecto «Riscos Calculados» a equipa técnica interveio junto de crianças, jovens e famílias das freguesias de Cucujães, Macieira de Sarnes e de Oliveira de Azeméis que resultou no conhecimento e na análise das necessidades associadas ao consumo de substâncias.

No âmbito do projecto internacional «Gerações Saudáveis» foi desenvolvido junto da comunidade escolar de Oliveira de Azeméis um inquérito de caracterização do consumo de toxicodependências.

Segundo Isidro Figueiredo, vereador da Educação, «o estudo envolveu quase quatro centenas de alunos do 9º ano de escolaridade e procurou diagnosticar e caracterizar o consumo de substâncias em contexto escolar».

Dos 395 alunos inquiridos, 84% (332) frequentavam o ensino regular e os restantes os Cursos de Educação e Formação (CEF). O estudo, que será apresentado depois do tratamento dos dados, teve maior incidência nos jovens com 15 anos (69%) e pretende caracterizar os consumos do tabaco, álcool e substâncias psicoactivas ilícitas. Mostraram-se disponíveis para responder ao inquérito 210 alunos do sexo feminino e 185 do sexo masculino.

O projecto de cooperação transnacional «Gerações Saudáveis» é uma acção enquadrada nas parcerias Comenius Regio que visam dinamizar a cooperação regional na educação escolar e promover o intercâmbio de experiências e estilos de vida saudáveis entre regiões e municípios na Europa.

O projecto envolve a autarquia, o Núcleo de Atletismo de Cucujães (NAC) e a Escola EB2/3 Bento Carqueja e, do lado turco, a Direcção Regional de Educação e Saúde de Kahramanmaras.

Tags:

Sobre nós

Município de Oliveira de Azeméis.

Subscrever