Argumentista de ‘Os Gatos Não Têm Vertigens’ coordena argumentos cinematográficos sob o tema “UC 725 Anos: Tempo de Encontro(s)

Tiago R. Santos regressa a Coimbra para coordenar a conclusão dos argumentos desenvolvidos no primeiro módulo de Argumento do Curso Cinemalogia. Com base nos argumentos criados, pelos alunos, durante o módulo de Argumento 1, esta segunda fase irá concentrar-se no fundamental processo de reescrita. Tal será conseguido através da leitura dos textos, feedback do formador e restantes formandos e do acompanhamento do trabalho no local.

Argumento 2 é um módulo prático que pretende finalizar e materializar todos os conhecimentos teóricos adquiridos pelos alunos, garantindo que cada um seja co-autor do argumento da curta metragem a produzir ao longo do curso. Todos os alunos deverão apresentar uma primeira versão do seu guião para uma curta-metragem. 
 
Durante estes dois dias, e através de trabalho prático intenso, deverão reescrever e reestruturar o que for necessário para, no final, o grupo de formandos tenha um argumento pronto para filmar durante o módulo de realização. 
 
O argumento desenvolvido no conjunto dos módulos de argumento é centrado no tema “UC 725 Anos: Tempo de encontro(s)” alusivo à XVII Semana Cultural da Universidade de Coimbra.
 
A formação decorre no Dept. de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra nos dias 20 e 21 de Dezembro.

Tiago R. Santos
Tiago R. Santos nasceu em 1976 e, depois de uma curta carreira como jornalista, iniciou o seu trabalho de argumentista em 2007 com Call Girl. Escreveu A Bela e o Paparazzo, trabalhou em séries como Liberdade 21 e Conta-me como Foi e Filhos do Rock, Os Gatos Não Têm Vertigens e o Leão Da Estrela. Actualmente, é também crítico de cinema para o suplemento Tentações, da Revista Sábado, autor de “Os Gatos Não Têm Vertigens”, o novo filme de António-Pedro Vasconcelos e acaba de publicar “A Velocidade dos Objectos Metálicos”, o seu primeiro livro.
 

Tags:

Sobre nós

Cinema.

Subscrever