Caminhos Film Festival arrancam Sábado dia 19, em Coimbra

Os Caminhos Film Festival realizam a sua XXII edição entre os dias 19 e 26 de Novembro. A edição deste ano apresenta-se por novos caminhos e pela primeira vez, leva o melhor cinema portugu ê s à cidade de Leiria.
 
É já no próximo sábado que arrancam os Caminhos Film Festival com a sessão de abertura e apresentação da edição deste ano marcada para as 21h45 no convento de Santa Clara-a-Nova, um espaço com vista privilegiada sobre a cidade de Coimbra, que vai acolher estreia da curta-metragem, produzida no curso de cinema ‘Cinemalogia’, Banho de Paragem cuja realização foi coordenada por Nuno Rocha, # Lingo , uma animação de Vicente Niro e a longa-metragem Refrigerantes e Cançõ es de Amor de Luís Galvão Teles (argumento de Nuno Markl). No final das sessões, irá realizar-se uma confraternização entre o público e os convidados.
A XXII edição decorre até ao dia 26 de Novembro nas cidades de Coimbra e Leiria, no Teatro Acad é mico de Gil Vicente , Teatro Miguel Franco e Teatro José Lúcio Silva respectivamente e incluem sete secções distintas: a Seleção Caminhos , a Seleção Ensaios, os Caminhos Mundiais dedicados ao Cinema Catalão, os Caminhos Juniores e Seniores e por fim, as Reposições.
Dos 417 filmes inscritos foram selecionados 135 filmes e 13 foram convidados. O cinema português está obviamente em maioria, representado com 78 filmes, no entanto o festival conta com a participação de 32 países, sendo a Catalunha a segunda nação mais representada com 9 filmes convidados seguindo-se de outros países com representações significativas, como a Alemanha (7), EUA (7), Brasil (5), França (4), Irão e Singapura com 3.
Só a selecção principal do festival, a Caminhos, contempla 50 filmes em competição distribuídos por 16 sessões num total de 33h de bom cinema.
Selec ção Caminhos , representa as principais obras produzidas no último ano em Portugal e contempla os principais prémios do festival, onde se destacam as obras em estreia nacional, Zeus de Paulo Filipe Monteiro e Eldorado de Rui Eduardo Abreu, Thierry Besseling e Loïc Tanson, bem como as consagradas Cartas de Guerra de Ivo M. Ferreira, Ascen ção de Pedro Peralta, Balada de um Batrá quio de Leonor Teles, A um Mar de Distâ ncia de Pedro Magano, entre muitas outras obras representativas do bom cinema que se faz em Portugal.
Consulte a programação da selecção Caminhos no link abaixo:
http://caminhos.info/pt/programacao/programacao-selecao-caminhos-2016/
 
Para além da secção principal, o festival apresenta ainda a Selec ção Ensaios (nacionais e internacionais), que contempla filmes produzidos em contexto académico pelos criadores de amanhã, apresentando-se como uma oportunidade única para assistir e comparar o cinema que se produz nas academias nacionais e internacionais. De entre os 247 filmes propostos foram aceites 77, sendo 33 deles da responsabilidade de escolas ou alunos portugueses e 44 das demais academias internacionais. Os filmes da Selecção Ensaios serão exibidos na cidade de Leiria no Teatro Miguel Franco e no m|i|imo - Museu da imagem em movimento , mas há a possibilidade de também assistir alguns destes títulos nas reposições organizadas pelo festival.
Este ano, destacam-se nesta secção, obras como A instalação do medo de Ricardo Leite baseado na obra de Rui Zink que conta no elenco com os actores Margarida Moreira, Nuno Janeiro e Cândido Ferreira. O amor é lindo porque sim! de Vicente Alves do Ó e Ivan Coletti, conta com a participação de alunos da Escola de Actores (ACT), e nomes consagrados como Inês Patrício, Maria Rueff, João Maria, Carolina Serrão, Ana Brito e Cunha e Sílvia Rizzo, que dão vida às personagens nesta comédia portuguesa. Também a obra de Liliana Gonçalves e Francisco Neves, TURP será outro destaque desta selecção. Uma curta-metragem selecionada para o “Short Film Catalog“, Festival Corner em Cannes e que conta no elenco com o bem conhecido actor José Fidalgo.
Consulte a programação da selecção Ensaios no link abaixo:
http://caminhos.info/pt/programacao/programa-seleccao-ensaios-2016/
 
A Selec ção Caminhos Mundiais , secção não competitiva do festival foi concebida com o apoio da Academia do Cinema Catalã ( Catalan Film Academy ), que todos os anos comemora os Prémios Gaudí, distinguindo os melhores filmes catalães do ano. A maioria destes filmes foi premiada ou esteve nomeada para estes prémios, inclusivamente para os prémios Goya, e percorreu alguns festivais. Existe ainda um positivo equilíbrio entre cineastas masculinos (5) e femininos (5), bem como uma oferta heterogénea de géneros, tons e temas.
 
Consulte a programação Caminhos Mundiais no link abaixo:
http://caminhos.info/pt/programacao/caminhos-mundiais-2016/
 
A captação de um público jovem para o cinema português é fundamental, pelo que a selecção Caminhos Juniores pretendem manter um espaço reservado à participação das escolas no festival. Apresenta-se como um serviço educativo, tendo por base que apenas a experimentação in loco de muitos minutos de pura magia para estas crianças tornará possível a criação de hábitos de consumo desde a infância no que diz respeito ao cinema português.
Consulte a programação Caminhos Juniores no link abaixo:
http://caminhos.info/pt/programacao/caminhos-juniores-2016/
 
O festival apresenta a secção paralela Caminhos Séniores , uma iniciativa que constitui uma mais-valia para o festival que, para além de uma componente cultural, também tem um papel importante de cariz social e de integração na sociedade e pretende estimular o diálogo dos espectadores desta secção com uma sensibilidade diferente à própria arte decorrente das diferentes experiências e vivências de vida e proporcionar aos participantes, na sua grande maioria com dificuldades de locomoção, uma tarde de animação e lazer.
Na edição deste ano, foi selecionada a longa-metragem documental Irmãos de Pedro Magano, vencedora do grande prémio do festival, "Portugal Sou Eu" e Melhor Montagem, para Ricardo Teixeira, na última edição do festival, uma sessão que decorrerá no Teatro José Lucio Silva, em Leiria, no dia 23 de Novembro às 14h30.

E para quem tem dificuldades em acompanhar todos os filmes, haverá reposições de alguns títulos mais interessantes na óptica da organização, de ambas as secções competitivas (Selecção Caminhos e Ensaios), que serão exibidos nos Cinemas NOS do Alma Shopping.
Consulte as reposições no link abaixo:
http://caminhos.info/pt/programacao/reposicoes-2016/

A equipa do júri oficial é composta por caras bem conhecidas do grande público, e abrangem áreas como a música, a literatura e claro está, o cinema. Assim, a edição deste ano conta com o maestro António Vitorino de Almeida, o escritor João Tordo, o crítico/blogger Paulo Peralta, a actriz Teresa Tavares, o actor Luís Gaspar, a actriz Rita Salema e a realizadora Margarida Leitão, para avaliar a principal secção competitiva do festival, a Selecção Caminhos, onde concorrem as principais obras produzidas em Portugal e responsável por atribuir o Grande Prémio do Festival, Melhor Longa e Curta- Metragem, Melhor Animação, Melhor Documentário e Prémio Revelação, bem como todas as categorias técnicas avaliadas nesta Secção Competitiva.

Consulte a composição do Jú ri oficial do festival no link abaixo:
http://caminhos.info/pt/juris-da-22-a-edicao/
Os Caminhos Film Festival realizam-se entre os dias 19 e 26 de Novembro, como habitualmente no Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra e pela primeira vez apresenta-se por novos caminhos, e leva o melhor cinema português à cidade de Leiria.
Para mais informações, consulte o site e a página de facebook do festival:
http://caminhos.info/
https://www.facebook.com/caminhoscinema/
 
Para acreditação de imprensa, consulte o link abaixo:
http://caminhos.info/pt/zona-de-imprensa/acreditacao/

Tags:

Sobre nós

Cinema.

Subscrever