Ciclo 20 Anos Cinema Português

PDF - http://bit.ly/1nX1wBw

Integrado no ciclo “20 Anos de Cinema Português”, promovido pelo Festival
Caminhos do Cinema Português, será exibido o filme “Tráfico”, do realizador João
Botelho, na próxima quinta-feira, 27 de Março. A exibição terá lugar no miniauditório Salgado Zenha, Edifício AAC, em Coimbra, pelas 22 horas.

A entrada é livre.

Sinopse:
“Tudo começa quando uma família normal e friorenta, obrigada a passar férias fora de época por dificuldades económicas, é bafejada pela sorte. Jesus, assim se chama o filho do casal, encontra enterrado na areia da praia deserta, um tesouro escondido e proibido: a riqueza da Terra. No mesmo dia e não longe dali dois padres decidem fechar as portas da sua igreja por falta de crentes e fazem um leilão de imagens dos seus queridos Santos. Entre a riqueza dos céus e o espírito da matéria partem à aventura. Um banqueiro com alucinações auditivas quando fala do seu dinheiro e as respostas de um ministro com alucinações visuais quando trata de influências.

Uma mulher elegante, suave e misteriosa, com uma bela cabeleira falsa e
esplêndidas cores, incendeia tudo por onde passa. Um general à volta com
traficâncias de armas e a sua pequena mulher à volta com artes, Olimpos e cabelos disparatados. E muitas mais aventuras. Como os ricos verdadeiros e antigos se divertem, como os ricos novos ou falsos encontram dificuldades e como tudo acaba em bem.”

Para mais detalhes:
Evento facebook – http://on.fb.me/1jB2jSr
Trailer – http://bit.ly/1fe6NLG
Cartaz - http://bit.ly/1rtklvo

Cinemalogia - Da Ideia ao Filme

Nos próximos dias 29 e 30 de março, o Cinemalogia continua com o módulo
Direcção de Actores, lecionado por Nuno Portugal.

29 30 de Março 2014
Estúdios UCV, Casa das Caldeiras, Universidade de Coimbra
9:00 — 18:00

A definição da colocação e do movimento dos actores no espaço em função da iluminação, dos “decores” e do enquadramento do plano e dos movimentos de câmara, constituem, para além da representação propriamente dita, uma das tarefas fundamentais da direcção de actores. Neste módulo, ver-se-á como a colocação e o movimento dos actores podem ser utilizados em conjunto com aqueles restantes elementos da “mise-en-scène”, a representação de ideias e sentimentos, os enquadramentos e os movimentos de câmara, para fins artísticos.

Para um realizador, saber trabalhar com actores resulta do equilíbrio de todas as decisões que ele mesmo toma, a partir do momento em que tem o argumento do seu filme sob seu inteiro domínio, isto é, a partir do momento em que sabe o que pretende com o filme que vai fazer e o que pretendem as suas personagens com as suas vidas. Mais do que moldar um actor ou uma actriz, será importante para o realizador, sobretudo, saber escolher, saber decidir e saber dirigir.

Partindo destes pressupostos e da análise de filmes clássicos e contemporâneos, o módulo terá uma componente teórico-prática que incluirá uma sessão de casting, a fim de garantir os actores para o projecto final.

PLANO DE SESSÃO
1. Da ideia ao filme
Dualidade entre o argumento e o actor

2. As personagens

Base de trabalho para o realizador e para o actor
Escolhas, soluções e decisões

3. A câmara
Elemento de desequilíbrio e foco/filtro da atenção
Trabalho de actor/actriz para a câmara

4. O casting
Atenções especiais

Saber prever capacidades e antever dificuldades

Decidir e atribuir personagens
Equilíbrios entre realização e produção

Durante a sessão haverá um exercício de casting.

Nuno Portugal
Nuno Portugal nasceu em Coimbra em 1982, mas passou a maior parte da sua vida em Seia onde cresceu. Em 2007 concluiu a sua Licenciatura em Estudos Artísticos direccionado para a vertente de cinema na Universidade de Coimbra.
Desde então realizou e editou inúmeros filmes e video clipes em colaboração com
a PERSONA NON GRATA PICTURES (PNG). Enquanto na PNG teve a
oportunidade de trabalhar, aprender e ganhar uma inestimável experiência com o seu mentor (produtor/realizador e fundador da PNG Pictures, António
Ferreira).Como resultado dessa experiência, Nuno cresceu como artista e
desenvolveu a sua própria voz e presença criativa,o que o levou a perseguir e produzir os seus próprios projectos. Para além do Cinema e do Video, uma das suas grandes paixões é a fotografia.
Dos vários prémios ganhos destaca-se o prémio Melhor Curta-Metragem In Tocha
com o filme "O Voo da Papoila" na XVIIi edição do festival Caminhos do Cinema
Português.

Preço do módulo
50€ / Sócio CEC
60€ / Estudante
70€ / Público-Geral

Casting Curta-Metragem
Integrado no módulo de Direcção de Actores ir-se-á realizar um casting para a curta-metragem do curso Cinemalogia. Mais informações e inscrições:
http://bit.ly/1mshQZd

Tags:

Sobre nós

Cinema.

Subscrever