Cinema Solidário em Coimbra

A entreajuda entre os dinamizadores culturais mostrou-se intensa nesta XX edição do festival Caminhos do Cinema Português. Não só caminhamos pela manutenção das obras cinematográficas nacionais, como por boas causas, e foi esse o primordial objectivo desta segunda edição do leilão solidário.
 
A ponte entre a programação do festival e este leilão expôs-se pelas licitações. Dos variados filmes que foram seleccionados para competição, destacamos neste evento aqueles que tiveram a capacidade de quebrar a barreira entre a realidade da tela e o mundo material. Assim, com os artigos leiloados, o público interessado em reunir artigos que o remeteu para as obras visionadas, tentou adquirir tais itens com a convicção de que toda a receita reunida reverterá na íntegra para a APCC – Associação Paralisia Cerebral de Coimbra. Ao mesmo tempo que se ajuda uma boa causa, reune-se no património individual de cada um artigos únicos que marcam um tempo e um espaço no âmbito do cinema português.
 
Seja por puro coleccionismo, ou por intenções meramente altruístas, o leilão conseguiu representar um símbolo de solidariedade. Tanto mais é, que só foi possível pela co-organização com a agência de leilões Domus Legis.Foi função do festival, nesta sua II edição do Leilão Solidário, ajudar uma instituição que tenham como objecto a real e profissional ajudar o outro. Foi o caso da APCC – Associação Paralisia Cerebral de Coimbra, instituição de Coimbra, cidade que ainda consideramos a capital do cinema português, berço do nosso projecto e para a qual nos orgulhamos de ter sido possível angariar quase mil e duzentos euros.
 
Os Caminhos despedem-se e esperam poder voltar a marcar a diferença em Coimbra!

Tags:

Sobre nós

Cinema.

Subscrever

Media

Media