Jorge Pelicano apresentou “Pára-me de Repente o Pensamento” no TAGV

Domingo, dia 16, foi dia de “sonhar e ficcionar em português” e de dar voz às “gerações em revolta”. No TAGV, as sessões decorridas no âmbito do Festival Caminhos do Cinema Português deram outro sabor ao domingo de Coimbra com sessões às 15h, 17h30 e 22h unicamente dedicadas ao cinema português. A sessão da noite contou com a presença do realizador Jorge Pelicano e do actor Miguel Borges.
 
“Tentámos rir com eles e não rir deles”, diz Jorge Pelicano em relação ao documentário que realizou, “Pára-me de Repente o Pensamento” que retrata a vida dos doentes psiquiátricos do Centro Hospitalar Conde Ferreira, localizado no Porto. Este documentário cruza arte com esquizofrenia e fez com que o público não só risse como ficasse apreensivo com o tema veiculado pelo filme, como ficou claro nas opiniões apresentadas no debate final com Jorge Pelicano e Miguel Borges. “Estive lá três semanas e foi dos sítios onde dormi melhor”, refere Miguel Borges sem se querer restringir a ‘clichês’, “é um micromundo perfeito e funciona muito bem. Senti muito amor e entreajuda”. A sessão das 22h contou ainda com as curtas "Os Meninos do Rio", de Javier Macip, "Miami", de Simão Cayatte e "Imaculado" de Gonçalo Waddington.
 
Sob o tema “Sonhar e Ficcionar em Português”, as curtas "20 Desenhos e um Abraço", de José Miguel Ribeiro, "Na Escama do Dragão" de Ivo M. Ferreira e "Dédalo", de Jerónimo Rocha e os documentários "Terra" de Pedro Lino e "Conversas do Mundo" de Pedro Neves e Projecto ALICE fizeram parte da sessão das 15h. Durante a sessão das 17h30 foi exibida a longa "Um fim do Mundo", de Pedro Pinho e as curtas "Outono", de Marco Amaral, "Lápis Azul" de Rafael Antunes e "Maria" de Mariana Marques.
 
Como em todas as sessões foram distribuídos boletins de voto ao público para que avaliasse as obras visualizadas de modo a eleger o Prémio do Público, “Chama Amarela”.
 
Hoje, dia 18, está em destaque o documentário “O Rio – Parte 2” de Luís Antero e Tiago Cerveira, a curta “Uma Noite na Praia” de São José Correia e a longa “Famel Top Secret” de Jorge Monte Real. Haverá, ainda, uma  Master Session  com o tema “O Humor em Português”, moderado por Osvaldo Manuel Silvestre e com a presença de São José Correia e Catarina Maia.

Tags:

Sobre nós

Cinema.

Subscrever