HISTÓRIA estreia O ÚLTIMO VOO DE AMELIA EARTHART

  • Novas pistas podem facilitar a resolução do caso que ainda está por resolver e provar uma teoria chocante: que Amelia Earhart e Fred Noonan foram capturados vivos pelos japoneses que o governo norte-americano sabia que ela estava sob custódia de um governo estrangeiro e encobriu o caso.
Oitenta anos após o desaparecimento de Amelia Earhart e do seu piloto Fred Noonan, a 2 de julho de 1937, o canal HISTÓRIA estreia documentário O ÚLTIMO VOO DE AMELIA EARTHART , no dia 16 de dezembro , pelas 22h45 .
 
Novas pistas podem facilitar a resolução do caso que ainda está por resolver e provar uma teoria chocante: Earhart e Noonan foram capturados vivos pelos japoneses e que o governo norte-americano sabia que ela estava sob custódia de um governo estrangeiro e encobriu o caso.
 
Shawn Henry, antigo agente do FBI, investiga as referidas provas que apontam para a hipótese de Amelia Earhart ter conseguido sobreviver ao seu último voo. Les Kinney, agente federal reformado, esquadrinhou os National Archives em busca dos registos relacionados com o caso Earhart e descobriu uma fotografia do Office of Naval Intelligence (ONI) que os investigadores acreditam mostrar Earhart e Noonan vivos num porto das Ilhas Marshall após terem desaparecido. A foto também mostra um navio japonês a rebocar um avião que pode ser o Electra de Earhart.
 
Em O ÚLTIMO VOO DE AMELIA EARTHART também ficaremos a conhecer a última testemunha viva que assegura ter reconhecido Amelia depois do seu desaparecimento.

Tags:

Sobre nós

Canal televisivo dedicado em exclusivo à História.

Subscrever

Media

Media