HISTÓRIA estreia produção própria Espanha, ensaio de uma guerra

Seis episódios que espelham os bastidores do conflito espanhol, desde a introdução de armamento de guerra aos avanços científico-tecnológicos
 
Será que a Guerra civil espanhola foi um ensaio da Segunda Guerra Mundial? Terá sido um laboratório para testar armas e estratégias? Serviu de treino para uma nova e terrível forma de fazer a guerra? As respostas a todas estas questões na nova produção própria do canal HISTÓRIA - Espanha, ensaio de uma guerra - que estreia dia 18 de julho, às 22h - com o motivo de assinalar o 80º aniversário do início da guerra civil espanhola .

A violenta cristalização das tensões na Europa, fruto das feridas não curadas da Primeira Guerra Mundial e da erupção do Comunismo e do Fascismo, levou a que a Guerra Civil Espanhola servisse para testar armas novas e transformar outras, como os tanques e os aviões, em fantásticas máquinas de guerra. Introduziu táticas de combate inovadoras e confirmou a importância das matérias-primas, da indústria e dos avanços científico-tecnológicos.
 
O conflito civil espanhol ilustrou a guerra moderna como uma luta global em que tudo foi importante, desde o Exército e armamento à propaganda e ao papel da população civil não combatente.
 
CERCOS
Será que a resistência de Madrid, durante 30 longos meses, inspirou os defensores de Leninegrado e Estalinegrado durante a Segunda Guerra Mundial? Passados apenas três meses desde o início da rebelião, o Exército do General Franco estava às portas de Madrid. O Governo da República tinha abandonado a cidade e muitos davam por certa a sua queda. No entanto, o desejo de defesa das milícias republicanas, a chegada das Brigadas Internacionais e a ajuda da União Soviética travou o avanço das tropas que tentavam tomar a cidade. A capital de Espanha resistiu durante 900 dias.
Segunda-feira 18, 22h
 
PACTOS
Será que Espanha era um território fértil para o choque de interesses evidentes e irreconciliáveis das potências europeias, no que viria a ser a antecâmara da Segunda Guerra Mundial? Nenhum conflito civil na Europa poderia ser exclusivamente nacional depois da Primeira Guerra Mundial e do triunfo da revolução russa. Em Espanha, a atitude das grandes potências foi fundamental e a ajuda exterior foi decisiva para prolongar o conflito durante três anos. Além disso, a Guerra Civil Espanhola antecipou a importância das matérias-primas, da indústria, das finanças e dos avanços científico-tecnológicos que se revelaram decisivos, anos mais tarde, na Segunda Guerra Mundial.
Segunda-feira 18, 22h45
 
 
CARROS
Será que foi durante a Guerra Civil Espanhola que os carros de combate se tornaram os protagonistas nos campos de batalha? A experiência em Espanha leva a modificações nos primeiros tanques blindados, de modo a melhorá-los e a transformá-los em fantásticas máquinas de guerra. Além disso, nas batalhas a campo aberto, em Jarama, em Guadalajara e em Brunete, são postas em prática inovadoras táticas de combate. O choque dessas forças mecanizadas terá uma repercussão de proporções inimagináveis nas batalhas de El Alamein, Kursk e Ardenas durante a Segunda Guerra Mundial.
Segunda-feira 25, 22h

PROPAGANDA
Será que a Guerra Civil Espanhola foi o conflito bélico em que a propaganda confirmou todo o seu poder e protagonismo? Além do habitual recurso a cartazes, protestos, panfletos e jornais, surgiram, pela primeira vez, outras formas de propaganda como o cinema sonoro e a rádio que rapidamente confirmaram a sua eficácia como armas poderosas. Além disso, a chegada a Espanha de correspondentes, fotógrafos e repórteres estrangeiros ajudou a dar dimensão internacional ao conflito. A Guerra Civil Espanhola também foi, no campo da propaganda, um antecedente direto da Segunda Guerra Mundial.
Segunda-feira 25, 22h45
 
BOMBARDEAMENTOS
Será que a Guerra Civil Espanhola serviu de palco para o aperfeiçoamento da luta nos céus, que viria a revelar-se fundamental na Segunda Guerra Mundial? Em Espanha, experimentaram-se novos modelos de avião e novas táticas de combate, bombardearam-se cidades e centros de comunicações, sempre de forma coordenada entre os diferentes exércitos. A experiência em Ebro, em Madrid, em Guernika ou em Barcelona é uma previsão do que viria a acontecer, anos mais tarde, na guerra de Inglaterra e nos bombardeamentos de Londres, Coventry, Hamburgo e Dresden.
Segunda-feira 1, 22h
 
REFUGIADOS
Será que a Guerra Civil Espanhola foi a primeira na História em que morreram mais civis do que combatentes? As execuções clandestinas, os julgamentos sumários e as represálias que deixaram tantas marcas em Espanha acabaram por se repetir em grande escala na Segunda Guerra Mundial. A onda de refugiados espanhóis em França reflete o terrível drama de milhões de pessoas que perderam os seus haveres e se viram obrigados a fugir das suas casas durante a Segunda Guerra Mundial.
Segunda-feira 1, 22h45
 
HISTÓRIA
O HISTÓRIA emite as produções internacionais mais prestigiosas e apaixonantes da televisão como “World Wars”, “A Humanidade”, “O preço da História”, “Alienígenas”, e aposta na melhor produção própria com séries como “ Microassassinos”, “E de repente Teresa” e “Templários”. Um canal de referência que explora os feitos que transformam o mundo e aproxima o espectador da História. Uma forma de humanizar o passado, refletir o presente e iluminar o futuro.
Produzido por The History Channel Iberia , uma joint-venture entre a AMC International-Iberia e a A+E Networks, o HISTÓRIA é uma marca de prestígio internacional que está disponível em mais de 160 países e que chega a mais de 330 milhões de espectadores em todo o mundo. O canal é distribuído em Portugal na Meo, NOS, Cabovisão e Vodafone.
 
Para descarregar as imagens com resolução, aceda ao seguinte link:
http://informedia.com.pt/
user: historia2
pass: atrevia

Tags:

Sobre nós

Canal televisivo dedicado em exclusivo à História.

Subscrever

Media

Media