Nível de competições a ferver novamente com calor que se fez sentir na Caparica!

*|MC:SUBJECT|* *|MC_PREVIEW_TEXT|*

Foto: Gonçalo Silva
Nível de competições a ferver novamente com calor que se fez sentir na Caparica!

A WSL a todo o gás, as novas gerações do surf internacional com o Game On Matta em grande ação
!
Afonso Antunes                                                                                                                      
            Foto: Laurent Masurel

Cinco surfistas levam bandeira de Portugal aos quartos do Caparica Pro!

Num dia em que o sol apareceu, finalmente, no Caparica Primavera Surf Fest, a armada portuguesa no Caparica Pro, etapa do circuito de qualificação mundial de surf (QS), ficou reduzida a cinco surfistas, agora na entrada da fase decisiva da competição, os quartos de final.
 
Na prova masculina, o jovem local da Caparica, Afonso Antunes, de 14 anos, é destaque, conseguindo, além de uma posição nos quartos de final do QS, um lugar na ronda do quarto do projunior europeu.
 
“Tenho conseguido mostrar o meu surf e avançar nas baterias. Estou a superar as minhas expectativas, especialmente no QS, onde não esperava chegar tão longe. Agora é continuar focado, sempre com o mesmo espírito e ir o mais longe possível.”
 
Refira-se que este resultado de Afonso Antunes, filho do antigo tricampeão nacional João Antunes, acaba por não surpreender já que é, desde há alguns anos, apontado como uma das grandes esperanças do surf nacional.

Gony Zubizarreta
Foto: Laurent Masurel
O campeão fazer a dobradinha!
Os dois portugueses terão pela frente na corrida ao título, o campeão do ano passado, Gony Zubizarreta, surfista espanhol que vive e treina em Portugal e tenta, este ano, a qualificação para o World Tour.
 
“Sim, estou a tentar repetir a vitória do ano passado. E as ondas estão boas, direitas divertidas e até já consegui fazer um nove na última bateria”, considerou o surfista espanhol, acrescentando a propósito das suas metas para este ano: “O objetivo é a qualificação para o World Tour e para isso vou fazer alguns campeonatos do QS na Europa e alguns ‘primes’, na África do Sul, EUA e, finalmente Havai. Antigamente fazia demasiados campeonatos, agora quero fazer menos provas, com mais critério. E penso que é o melhor caminho para ter sucesso.”
CarolHenrique                                                                                                                                Foto: Laurent Masurel
Carol Henrique procura desforra do ano passado

Carol Henrique também já carimbou o passaporte para os quartos de final. A campeã nacional de surf procura a desforra da edição de 2017, na qual ficou em segundo lugar, atrás da francesa Justine Dupont, que também já garantiu presença nesta fase do torneio.
 
“É muito bom ter um campeonato para competir em casa, e na Costa, onde treino muitas vezes, em vez de ter de ir ao estrangeiro. Claro que tenho muitas expectativas, mas quero manter a cabeça no lugar e concentrar-me num heat de cada vez, numa onda de cada vez”, comentou Carol Henrique.


-->

Camila Kemp
Foto: Laurent Masurel

Camila Kemp a luta por um bom resultado!

Camila Kemp, outra das referências femininas do surf nacional, também estará na luta por um bom resultado, e embora diga que não coloca pressão em si própria, assume que o sonho é mesmo a qualificação para o Word Tour feminino:
“Um bom resultado na Caparica seria importante pois é um dos primeiros campeonatos da época e o QS é o meu grande objetivo e a qualificação para o World Tour é o sonho. Obviamente, isso passa por somar pontos em campeonatos de 3000 e 6000 pontos, mas é bom ter um campeonato em casa, diante dos meus amigos e família. Seria uma boa rampa de lançamento para o restante da temporada.”

-->
Inês Bispo | Justine Dupont                                                    
Foto: Laurent Masurel
Uma potencial surpresa de Inês Bispo perante a campeã Justine Dupont
A terceira portuguesa nos quartos é a local da Caparica Inês Bispo. Um bom resultado para uma surfista muito jovem, de apenas 19 anos, mas que poderá aproveitar o seu conhecimento privilegiado das condições da Costa da Caparica para uma potencial surpresa. Uma tarefa complicada, na medida em que terá pela frente no seu heat a campeã em título do evento, a francesa Justine Dupont.
Foto: Gonçalo Silva
“Game On! Game On!”

32 jovens de 8 países em competição e aprendizagem com um dos melhores treinadores internacionais, promovido pela Matta Shapes.
O “MattagameOn” powered by Didier Piter Surf Coaching é um dos eventos paralelos mais aliciantes do Caparica Primavera Surf Fest 2018 e arranca amanhã.
Alguns dos melhores surfistas e campeões dos respetivos países sub-13 (Inglaterra, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Holanda, Portugal e Espanha) e uma região (Canárias) da Europa marcam presença nesta prova criada pelo conceituado shaper da Caparica, Matta.
Um evento que conta com a estreita colaboração do treinador francês Didier Piter e que vai apoiar os surfistas durante uma competição que tem uma fortíssima componente de formação, consubstanciada também na colaboração do chefe de juízes da prova que ensinará aos jovens surfistas os critérios de julgamente em contexto competitivo.

Hoje quarta-feira 28 de março, decorrem as provas WSL Caparica Junior Pro com grande ação na água!

O segundo round de concertos do Caparica Primavera Surf Fest começa já amanhã com Dead Combo, Poli, Bateu Matou e Dj Kitty!

Os passes estão esgotados, mas ainda restam bilhetes!

 
 Bilhetes ainda à venda em: https://ticketline.sapo.pt

Mais informações, fotografias e vídeos: 
https://drive.google.com/open?id=19aZjmae81JcZWM1J7NVw9eGtakBecIIU
Copyright © *|CURRENT_YEAR|* *|LIST:COMPANY|*, All rights reserved.
*|IFNOT:ARCHIVE_PAGE|* *|LIST:DESCRIPTION|*

Our mailing address is:
*|HTML:LIST_ADDRESS_HTML|* *|END:IF|*

Want to change how you receive these emails?
You can
update your preferences or unsubscribe from this list.

*|IF:REWARDS|* *|HTML:REWARDS|* *|END:IF|*

Sobre nós

Evento de desportos de ondas, do Mar, da Natureza e da Música. Este é um evento que consegue reunir toda a experiência, toda a diversão e toda a partilha que a Costa oferece durante os 365 dias do ano aos amantes do surf, do bodyboard, do kite e dos demais desportos de ondas e de natureza, qualquer que seja o seu nível, a sua experiência ou a sua vontade de lavar a prancha depois de um dia passado entre a água e a areia.

Subscrever