Casa da Calçada em countdown para ‘Rota das Estrelas’

Premiado com uma estrela Michelin, o restaurante Largo do Paço, da Casa da Calçada, em Amarante, recebe a partir de amanhã e até ao próximo sábado, dia 30 de novembro o último encontro da Rota das Estrelas da edição de 2013. O evento reúne 16 reputados Chefes nacionais e internacionais - num total de 12 estrelas Michelin - que surpreenderão os comensais do Hotel com os mais sofisticados e sublimes menus de degustação, numa experiência que combina sensações e sabores únicos.

Num evento em que à mesa se serve a mais alta gastronomia, no restaurante Largo do Paço, aos anfitriões do 7º encontro da Rota das Estrelas 2013, Chefe Vitor Matos (Casa da Calçada *Michelin) e Subchefe André Silva (Chefe Cozinheiro do Ano; Casa da Calçada *Michelin), juntam-se Jose Antonio Campoviejo (El Corral del Indianu *Michelin), Fernando Agrasar (As Garzas *Michelin), Ricardo Costa (The Yeatman *Michelin), António González, Marcos Moran (Casa Gerardo *Michelin), Serge Gouloumès, (Le Candille * Michelin), Benoît Sinthon, (Il Gallo d"Oro * Michelin), Ludovic Le Forestier (Domaine de la Bretesche * Michelin), Dieter Koschina (Vila Joya ** Michelin), Leonel Pereira (São Gabriel * Michelin), Mitch Stamm (Bakery Chef Johnson & Wales University, USA), Albano Lourenço (Quinta das Lágrimas), Pedro Lemos (Pêro Lemos), e Francisco Gomes (Confeitaria Colonial).

Conheça alguns dos Chefes que estarão até sábado na Casa da Calçada

chefe anfitrião : vítor matos // o seu percurso profissional divide-se entre Portugal e a Suíça onde viveu alguns anos. Chef do restaurante Largo do Paço desde Maio de 2010, mantém a estrela Michelin que o restaurante conquistou em 2004. Do seu percurso profissional constam passagens pelo Tiara Park Atlantic Hotel, Quinta do Pendão, Vidago Palace Hotel Golf & Spa, Grande Hotel das Caldas da Felgueira, Grande Hotel da Curia e Estalagem Quinta do Paço. Prima pela utilização dos produtos da época, genuínos e frescos potencializando o seu paladar. A cozinha do Chef Vítor Matos possui influências mediterrânicas e apresenta-se como uma mescla entre a tradição e as novas tendências gastronómicas.

portugal // dieter koschina . vila joya // no seu curriculum profissional salientam-se experiências passadas em hotéis de renome como Souvretta House (81-82), Hotel Panoramique (82-83), Hotel Imperial & Bristol (83-86), Tantris (86-87), Tristan (87–88), Hilton Vienna Plaza (88–89). Nasceu em Dornbirn, Áustria. Desde 1991 é Chef executivo do restaurante Vila Joya, no Algarve, que tem 2 estrelas Michelin desde 1999. Na sua cozinha utiliza produtos locais do Algarve associados aos clássicos ingredientes da alta cozinha francesa. A cada mês de Janeiro, o Chef Dieter Koschina reúne alguns dos melhores chefs do mundo, para juntos no restaurante Vila Joya, organizarem o já conhecido festival gourmet “Tributo a Cláudia”.

portugal // benoît sinthon . il gallo d'oro // despertou para a cozinha já em pequeno, sobretudo pela mão da avó italiana, que o levava ao Vieux Port, em Marselha, para o ensinar a escolher peixes. Aí começou a sua paixão pela cozinha mediterrânica. Consolidou a sua carreira essencialmente em França, por onde conquistou uma experência eclética em diferentes restaurantes, entre os quais o "Rochegude" e o restaurante "Joigny", ambos membros Relais & Chateaux, com 1 e 3 estrelas Michelin, respectivamente. Após uma passagem em 1994 pelo hotel Reid's no Funchal, regressa em 1998 à ilha, passando pelo hotel Savoy e pela Casa Velha do Palheiro. Em 2004 assume o cargo de Chef Executivo do The Cliff Bay, membro de Porto Bay Hotels & Resorts. Quatro anos mais tarde, vê reconhecido o seu trabalho no restaurante gourmet do hotel – o Il Gallo d'Oro, recebendo a sua primeira estrela Michelin.

portugal // ricardo costa . the-yeatman // o jovem e talentoso chef passou já por várias cozinhas da Europa. Em 2003 trabalhou como sub-chefe júnior do restaurante Girassol em Alicante. Esteve à frente da abertura do The Portal em Londres em 2005. Ainda nesse ano regressou a Portugal para liderar o restaurante do Vidago Palace Hotel. O seu talento tem sido progressivamente reconhecido pelo prestigiado guia Michelin. Foi no restaurante Largo do Paço que conquistou a 1ª estrela. Mas a sua ambição e interesse por novos projetos levou-o a aceitar gerir uma nova cozinha no The Yeatman em Gaia, voltou a conquistar uma estrela Michelin através das suas propostas que conjugam a cozinha regional com uma abordagem contemporânea sempre harmonizada com os melhores vinhos.

espanha // fernando agrasar . as garzas // inspirado pela cozinha da sua mãe, Fernando Agrasar apresenta uma cozinha tradicional com toques contemporâneos. Com raízes galegas, o restaurante As Garzas oferece como especialidade peixes e frutos do mar exclusivos da costa da Galiza. A característica comum de todos os pratos é a cuidadosa seleção de matérias-primas nos mercados locais e a sofisticada elaboração dos pratos. Além do produto, as excelentes vistas e o charme do lugar fazem deste, o único restaurante galardoado com uma Estrela Michelin na Costa da Morte na Galiza.

frança // serge gouloumès . le mas candille // nascido na França viajou e trabalhou em diferentes países como Bélgica, Luxemburgo, mas Caraíbas e Estados Unidos. Volta a França onde continua a trabalhar em restaurantes de prestígio. Em 2005 ganha sua primeira estrela Michelin. Hoje, motivado pela sua forte paixão pela culinária, gere a sua própria escola de culinária onde partilha conhecimentos com os amantes da gastronomia. O Chefe Gouloumès, também ensina em escolas de gastronomia no Japão e Irlanda. No restaurante Le Mas Candille, a sua cozinha com toques asiáticos baseia-se na apresentação e elegância dos pratos.

portugal // leonel pereira . são gabriel // nasceu em Alcoutim no Algarve e a sua carreira é marcada por várias experiências internacionais. A Academia Alain Ducasse e o “Le Nôtre e Institute of Culinary Arts”em Paris, são algumas das referências na sua formação. Rumou ao Brasil e foi responsável pela abertura e gestão de F&B de vários hotéis do grupo Pestana. O seu talento foi reconhecido com o prémio de Revelação do Ano (2003/2004), tendo sido o primeiro chef português a receber essa distinção. No regresso a Portugal foi chefe executivo do Sheraton Lisboa & SPA. Em 2013 regressou ao Algarve, e o restaurante São Gabriel - Quinta do Lago - é agora o seu palco, onde apresenta os sabores da região com requinte. O regresso às origens permitem ao chefe apresentar as suas criações tirando proveito da riqueza da frescura dos produtos, quer da serra do algarve assim como os sabores do mar, reiventando assim as tradições gastronómicas algarvias.

frança // ludovic le forestier . le montaigu // a sua paixão pela cozinha nasceu cedo e ao contrário dos meninos da sua idade que tinham como profissão de sonho ser futebolista, Ludovic queria ser cozinheiro. Conjuntamente com a sua formação no liceu começou por ser aprendiz de Jacques Guillo na Grand Maison Mur de Bretagne. Ao 22 anos foi descobrir a cozinha do prestigiado Hotel Crillon em Paris. Um ano e meio depois juntou-se à equipa de Jacques Divellec. Desde 2007 que faz parte da equipa do hotel de charme Domaine de la Bretesche. Em 2011 assume os comandos do restaurante Le Montaigu e, em 2013, traz de volta a estrela Michelin.

espanha // marcos morán . casa gerado // estudou jornalismo mas acabou por seguir as suas raízes familiares na paixão pela gastronomia. Estudou cozinha na escola de hotelaria de Gijón. Passou por conceituados restaurantes nomeadamente Ca'l Isidre, El Celler de Can Roca, Fagollaga, Arzak, Las Rejas, Zuberoa, El Bulli, El Poblet. Desde 2005 é Chef Executivo da Casa Gerardo, que conta com um percurso de 130 anos de tradição gastronómica, tendo sempre sido dirigido pelas anteriores gerações de Morán. No seu estilo encontra-se uma mistura entre a cozinha asturiana com um toque reflexivo e moderno.

espanha // josé antonio gonzález . el nuevo molino // formou-se na Escola de Hotelaria de Santader. Passou por vários restaurantes em Espanha. Entre 1995 e 1998 fez parte da equipa do restaurante del Muelle, onde conheceu os seus atuais sócios. Em 1999 criaram o restaurante El Serbal, o qual ganhou uma estrela Michelin em 2002, sendo até à data o único restaurante de Santader com estrela Michelin. Em 2004 o antigo restaurante El Molino foi reaberto pelo Chef sob o nome de El Nuevo Molino. Foi reconhecido com 1 estrela Michelin em 2008 renovada até então. Apresenta as raízes da gastronomia Cantábrica com um toque contemporâneo.

portugal // albano lourenço . arcadas // natural de Coimbra, cedo rumou ao Algarve, onde ganhou experiência em alguns dos melhores restaurantes de Portugal como o Ermitage e o São Gabriel, ambos com 1 estrela Michelin. Chefe executivo da Quinta das Lágrimas, em 2004 vê o seu traballho reconhecido com 1 estrela Michelin no restaurante Arcadas. Em 2005 foi distinguido como “Figura do Ano” pela revista gastronómica InterMagazine. Senhor da arte na cozinha e de carisma na sala, tem como motivação fazer da cidade dos amores e dos doutores uma referência gastronómica em Portugal.

estados unidos da américa // mitch stamm . college of culinary arts - johnson & wales university // iniciou a sua carreira em 1983 como proprietário de uma padaria em Denver. Em 1990 passou a ser o Chef Executivo de Pastelaria no Sun Valley Resort. Foi premiado 7 vezes com a medalha de ouro pela Societée Philanthropique, New York Food Show. Ganhou 5 vezes o “Research and Publishing Award”, pela Johnson & Wales University (JWU). Em 2010 fez parte da equipa que criou a Mais Alta Escultura de Pão do mundo, entrando assim para livro de recordes do Guinness. Desde 2003 até o presente desempenha funções de formador associado no College of Culinary Arts da Universidade de Johnson & Wales, em Providence, Rhode Island.

Durante os 3 dias os jantares serão servidos pelas 20h30. Contudo, a partir das 18h00, aos clientes presentes será servido um cocktail de boas-vindas preparado com os sabores mais tradicionais e característicos da região em destaque no dia, permitindo dar a conhecer os mais genuínos produtos que compõem a oferta gastronómica das Astúrias, Trás-os-Montes e Açores.

O evento Rota das Estrelas na Casa da Calçada conta com o patrocínio da Câmara Municipal de Amarante, Makro, Repsol, Vista Alegre, Marsil, Electrolux, Turismo do Porto e Norte de Portugal, entre outras entidades e empresas. Niepoort, Kopke, Quinta do Portal, Quinta do Noval e Global Wines, são alguns dos parceiros vínicos que se associaram a este festival gastronómico de referência.

Casa da Calçada Relais & Châteaux

Premiado com 1 estrela Michelin, o restaurante Largo do Paço está inserido na Casa da Calçada, Relais & Châteaux construída durante o séc. XVI, para ser um dos principais palácios do Conde de Redondo. Recuperada em 2011 a propriedade já é um dos hotéis mais emblemáticos e simbólicos da hospitalidade portuguesa, tendo-se tornado, em Novembro de 2003, membro da conceituada cadeia dos Relais & Châteaux. A recuperação da Casa da Calçada – Relais & Châteaux, feita por uma equipa de arquitetos, preservou o estilo barroco original, mantendo os elementos neoclássicos. A decoração de estilo romântico transmite, através da mobília, tecidos e detalhes decorativos, um ambiente de casa de família, onde os hóspedes voltam ao passado, tirando proveito da tranquilidade acolhedora dos vários recantos. A Casa da Calçada – Relais & Châteaux foi declarada, pelo Governo Português um edifício de relevante interesse Arquitetónico, Histórico e Cultural.

Conheça mais em: www.casadacalcada.pt e/ou http://www.rotadasestrelas.com.

(comunicado e programa em anexo)

Tags:

Sobre nós

Hotel de charme pertencente ao grupo Mota-Engil.

Subscrever