INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO NA EUROPA CONTINUA A CRESCER, COM INVESTIDORES A MOSTRAREM MAIOR INTERESSE PELO RISCO

Recuperação na Irlanda e Espanha acelera;

Investimento total em imobiliário comercial no terceiro trimestre de 2013 aumenta 21% face a período homólogo de 2012;

Reino Unido regista investimento total trimestral mais elevado desde 2007

Segundo os mais recentes dados da consultora imobiliária global CBRE, os investidores em imobiliário comercial estão a mostrar mais interesse pela assunção de risco na Europa, verificando-se um crescimento generalizado com a recuperação da Irlanda e Espanha a ganhar ritmo.

A tendência de aumento do investimento em imobiliário comercialque tem surgido na Europa ao longo deste ano manteve-se no terceiro trimestre de 2013. O investimento total atingiu 35,7 mil milhões de euros no terceiro trimestre de 2013, uma subida de 21% face ao trimestre homólogo do ano anterior, representando ainda o total trimestral mais elevado desde o primeiro trimestre de 2008, excluindo os picos de atividade de investimento dos quartos trimestres.

Impulsionado por melhores condições económicas e maior interesse dos investidores, o crescimento significativo da atividade transacional imobiliária é evidente nos mercados em recuperação da Europa, nomeadamente Espanha e Irlanda. Nos últimos dezoito meses, a Irlanda, em particular, registou um aumento significativo dos níveis de investimento. No terceiro trimestre de 2013, a Irlanda viu o investimento atingir 462 milhões de euros, face a apenas 102 milhões de euros no mesmo trimestre do ano passado, com os últimos 12 meses a registarem transações no valor de 1,33 mil milhões de euros. Com 1,321 milhões de euros em transações realizadas no terceiro trimestre de 2013, o investimento em Espanha correspondeu a mais do dobro do nível verificado no terceiro trimestre de 2012, que se cifrou em 531 milhões de euros.

Versão integral do Comunicado de Imprensa enviado em anexo.

Tags:

Sobre nós

Prestação de serviços na área do mercado imobiliário a empresas nacionais e internacionais.

Subscrever