EPSA adquire Coastal Energy Company

A CEPSA chegou a acordo para a aquisição das ações da empresa Coastal Energy Company por um preço de 19 dólares canadianos por ação, o que implicou um valor total de cerca de 2.300 milhões de dólares canadianos, incluindo 51 milhões de dólares de dívida líquida.

A compra realizou-se através de uma sociedade criada pela CEPSA e pela Strategic Resources Global Limited (SRG), onde a CEPSA terá um interesse maioritário. Espera-se que a operação esteja concluída no primeiro trimestre de 2014.

Esta operação, que pretende aumentar as reservas da Empresa em 150% e duplicar a respetiva presença internacional em produção, é a maior realizada na história do Grupo. Responde ao objetivo de crescimento e expansão internacional, e proporciona um potencial de crescimento futuro numa zona nova para a CEPSA: o sudeste asiático.

Coastal Energy

É uma empresa petrolífera, fundada em 2004, sedeada em Houston, EUA, cotada na Bolsa de Valores de Toronto e admitida para negociação na Bolsa de Valores de Londres, que realiza atividades de exploração de gás natural e petróleo, e cujos ativos estão na Tailândia e Malásia. Atualmente tem na sua carteira uma série de projetos em desenvolvimento e vários de exploração. As suas reservas estimadas ascendem a mais de 100 milhões de barris equivalentes de petróleo (MMboe).

Possui e opera 100% dos blocos petrolíferos G5/43 e G5/50 no Golfo da Tailândia, tal como diversos interesses de gás onshore no nordeste da Tailândia, incluindo uma participação de 13,7% no depósito de gás de Sinphuhorm. Em julho de 2012, a Coastal Energy Company subscreveu um Small Field Risk Service Contract com a PETRONAS para o desenvolvimento e produção de petróleo no grupo de campos Kapal, Banang e Meranti (KBM) no offshore da Malásia peninsular.

Os interesses da Coastal Energy no Golfo da Tailândia compreendem 1,22 milhões de hectares. Hoje em dia, a empresa produz 25.000 barris equivalentes diários de petróleo (boepd), dos quais a maioria provém dos ativos offshore na Tailândia.

Os blocos da Tailândia e Malásia estão em águas pouco profundas (cerca de 30 metros).

O que implica a compra para a CEPSA

Trata-se de uma operação que responde claramente ao objetivo de aumentar a produção e reservas da Empresa a nível mundial, o que traduz um grande potencial de crescimento no futuro. O sudeste asiático integra a estratégia da CEPSA, porque lhe oferece a oportunidade de se expandir e permite-lhe ainda a diversificação, tal como a obtenção do seu primeiro grande ativo offshore.

A compra da Coastal Energy implicou também uma série de vantagens para a equipa humana da CEPSA. A empresa adquirida tem um quadro de 100 colaboradores e um know how que o Grupo está satisfeito em poder incorporar na equipa: “Este acordo reflete a nossa confiança, não só nos ativos da Coastal Energy, mas também na qualidade dos seus profissionais”, declarou o Conselheiro-Delegado da CEPSA, Pedro Miró. Por outro lado, a entrada em novos ativos e países, abre novas portas de desenvolvimento profissional e mobilidade na CEPSA. Espera-se que a operação esteja concluída no primeiro trimestre de 2014.

Tags:

Sobre nós

Exploração, distribuição e comercialização de produtos petrolíferos.

Subscrever

Media

Media