Solidariedade reconhecida pela CEPSA no Palácio da Cruz Vermelha

Realizou-se ontem no Palácio da Cruz Vermelha Portuguesa, em Lisboa, a Cerimónia de Entrega dos Prémios CEPSA ao Valor Social, uma iniciativa que reconhece e premeia projetos que tenham por objetivo melhorar a qualidade de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Este evento público contou com a presença da Diretora Distrital da Segurança Social de Lisboa, Fernanda Fitas, em representação de Pedro Mota Soares, Ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, de diversas entidade da área da Responsabilidade Social, como o BCSD e a Humana, bem como muitos colaboradores da CEPSA, que apadrinharam esta iniciativa.

O Ministro felicitou a CEPSA pela relevância desta “atitude solidária” que tem vindo a demonstrar no panorama da “cidadania empresarial portuguesa, que pode e deve contribuir para um desenvolvimento sustentado e para o combate à exclusão social”.

“Com padrões de profissionalismo e de exigência muito elevados, permitiu-me confirmar que a CEPSA não deixa créditos por mãos alheias na hora de levar a exercício o que de muito bom e muito bem faz em toda a sua estrutura”, proferiu Conceição Zagalo, Presidente do Júri destes prémios.

Um montante de 30.000€ foi repartido pela CERCI Peniche, C.A.S.A. – Centro de Apoio ao Sem-Abrigo (Setúbal) e Centro de Reformados e Idosos do Vale da Amoreira.

No âmbito da comemoração dos 50 anos da CEPSA em Portugal, foi ainda distinguida a Associação de Solidariedade e Ação Social de Santo Tirso (ASAS) com o valor de 5.000€.

Os Prémios CEPSA ao Valor Social contam já com seis edições em Portugal, ao longo das quais já doou um total de 180.000€ a instituições públicas e privadas.

Tags:

Sobre nós

Exploração, distribuição e comercialização de produtos petrolíferos.

Subscrever

Media

Media