ROCK IN RIO, FESTIVAL MAIS MEDIÁTICO DE MAIO

No rescaldo da 7.ª edição do Rock in Rio (RiR) Lisboa, este foi o Festival de Verão que conseguiu maior impacto mediático nacional, durante o mês de Maio. Para este resultado, no ranking Cision, em muito contribuiu o facto de o festival ter decorrido entre 19 e 29 de Maio, as 3.229 notícias com alusões à marca RiR e a cobertura televisiva, nomeadamente dos canais do grupo Impresa. Informações e curiosidades sobre os artistas, os destaques sobre os cabeças de cartaz, em especial Maroon 5, Bruce Springsteen e Queen, mas também as menções à presença de Adele entre os 70 mil festivaleiros ou à vida matrimonial de Johnny Depp, que subiu ao palco no dia 27, constituíram os temas que mais captaram a atenção dos media portugueses. A estes somaram-se, ainda, notícias sobre os eventos e animações a decorrer no festival, a organização, os parceiros, as questões logísticas, mas também sobre o cancelamento, por motivos de saúde, de Ariana Grande e a falha técnica no começo do concerto dos Korn.

O NOS Primavera Sound, que hoje começa, com a duração de 3 dias, ocupa a segunda posição na tabela de destaque mediático, apesar de ter contado menos referências informativas que o terceiro classificado. Somou 338 notícias, contra as 511 do NOS Alive, mas conseguiu maior destaque em órgãos de comunicação social mais mediáticos, valendo-lhe um impacto mediático superior.
A antevisão do espetáculo, os artistas que constituem o cartaz, como PJ Harvey, e a associação ao Mini NOS Primavera Sound foram o foco principal dos media sobre este festival que, em período homólogo de 2015, era o primeiro classificado neste ranking Cision.

Com concerto agendado para 8 de Julho, no Passeio Marítimo de Algés, os britânicos Radiohead foram o tema central das notícias sobre o NOS Alive. Os vários artistas que preenchem o cartaz e as ações de marketing dos patrocinadores no evento foram, também, motivo de análise jornalística.

No quarto e quinto lugares do ranking de desempenho mediático encontramos os festivais MEO Marés Vivas e Sol da Caparica, que ocorrem de 14 a 16 de Julho e de 11 a 14 de Agosto, respetivamente. Sumol Summer Fest, Super Bock Super Rock, Meo Sudoeste, Vodafone Paredes de Coura e EDP Cool Jazz completam o top da tabela. Os dez festivais contabilizaram um total de 4.957 notícias.

O desempenho mediático conquistado por cada festival é calculado tendo em conta a metodologia Cision de avaliação de comunicação, que considera o número de notícias identificadas, o espaço ou tempo de antena ocupado, as oportunidades de visualização, tendo em conta as audiências alcançadas, e o valor do espaço editorial, contabilizado em função das tabelas de publicidade de cada órgão de comunicação social.

O objeto de análise deste estudo são todas as notícias relativas aos diferentes festivais de verão, veiculadas no espaço editorial português, em mais de 2.000 meios de comunicação social (Televisão, Rádio, Imprensa e Online). Neste caso, o ranking reflete o resultado de 1 a 31 de Maio de 2016, com os diferentes festivais a serem ordenados pela posição alcançada.

A Cision divulga, mensalmente, uma tabela com os resultados apurados e as consequentes variações observadas. O período temporal sobre o qual a análise incide é sempre o mês imediatamente anterior à elaboração do Ranking.

A Cision é líder global no fornecimento de serviços para planeamento, contacto, monitorização e análise dos media.

Tags:

Sobre nós

A Cision e lider global no fornecimento de servicos para planeamento, contacto, monitorizacao e analise dos media.

Subscrever

Media

Media