Francisco Carvalho sobe ao pódio do Rali da Guarda

Foram precisos apenas 37.49 segundos para Francisco Carvalho cumprir a prova de maneabilidade do Rali Bridgestone First Stop Guarda 2017 e se sagrar vencedor da prova pela nona vez, no último fim-de-semana. A vitória não foi fácil, com Nuno Antunes a alcançar o segundo lugar (41,13 segundos) em Mini e a repetir uma extraordinária prestação que no ano passado lhe valeu a primeira vitória, simultaneamente a primeira de um participante da segunda geração do rali. Mantendo a tradição de bons resultados, e com 43,836 segundos, Araújo Pereira, em VW Polo, subiu ao terceiro lugar.

Na 21ª edição, o rali turístico desportivo levou à cidade mais alta mais de 40 equipas de gente dos automóveis. Na prova que decorreu junto ao mercado municipal da Guarda, a competição feminina ficou marcada pela vitória de Cátia Mogo, que cumpriu o percurso em 52,19 segundos, seguida de Teresa Reis e Maria Albino. A entrega dos troféus Spal a todas as equipas foi acompanhada do espumante em garrafa magnum de Figueira de Castelo Rodrigo.

Além da competição, o programa ficou marcado por alguns momentos altos, nomeadamente a pré-apresentação do Livro dos 30 anos de História do Clube Escape Livre, altamente elogiado pelos participantes, já que a memória do Rali está intimamente ligada à história do Clube. O livro tem autoria de António Catarino e prefácio de Hermínio Loureiro, e capta a essência, as histórias e as curiosidades do clube da Guarda, sendo um importante contributo para entender o trabalho desta associação.

Outros momentos importantes do evento compreenderam a visita ao castro do Jarmelo, onde Agostinho Silva, vestido à época, conduziu os participantes a uma viagem no tempo, pela história, pelo património e pela tragédia ligada a D. Pedro e Inês de Castro. Já na aldeia de Carpinteiro, os participantes participaram na abertura da 11ª edição do evento “burros em festa”, seguindo para o museu etnográfico local, conhecendo as artes, ofícios, tradições e cultura das gentes da aldeia.

Neste rali, algumas marcas presentes gostam de puxar pela criatividade e brindar os participantes com acções ou desafios. A Melhor Marca Automóvel do Rali, por eleição entre participantes, foi alcançada pela Bridgestone / First Stop, que levou os participantes, de olhos vendados, a colocar os pneus numa maqueta com um carro. Arrecada assim o título que, em 2016, foi ganho pela Ford e pela Renault, em ex-aequo.
Tanto este troféu como o troféu especial do vencedor da prova tiveram a assinatura da SPAL, que preza pela criatividade e originalidade. Presença também importante da TW Steel que sorteou, como é habitual, alguns relógios entre os participantes, este ano da edição especial dos 30 anos do Clube Escape Livre e da BP, que uma vez mais premiou os clientes da marca com oferta de combustível.

O Rali Bridgestone First Stop Guarda 2017 teve como patrocinador oficial a Bridgestone e a First Stop. Contou com o apoio da BP, Valorpneu, TW Steel, Spal, Renault e Ford. O evento teve ainda a parceria institucional do Turismo do Centro de Portugal, Município da Guarda, Natura IMB Hotels e Hotel Palácio Estoril.

Tags:

Sobre nós

Empresa dedicada à promoção e divulgação de eventos na área do desporto motorizado da região da Guarda.

Subscrever

Media

Media