Calor, lama e competição em Penafiel

A cidade de Penafiel foi a segunda e última estreia do calendário desportivo do Campeonato Nacional de Trial 4x4 2015. A passagem da caravana do CNTrial 4x4 foi marcadapor um dia de temperaturas tórridas que dificultaram a vida às 26 equipas em pista. O clubePenatrilhos preparou um percurso recheado de obstáculos duros e que contou com o calor ecom a lama para elevar o grau de dificuldade. O local escolhido, em frente à estação da CP deNovelas, a poucos quilómetros de Penafiel e bem perto do acesso à autoestrada, agradou aparticipantes, organização e público. Estão lançadas as bases para que Penafiel se torne umadas grandes provas desta competição.

Flávio Gomes mais perto de revalidar o título

Com 3 vitórias em 4 possíveis, o bicampeonato está cada vez mais perto para FlávioGomes (TáBô Team 4x4). Em Penafiel o campeão nacional em título conseguiu vencer semgrandes problemas. Começou bem o dia ao ganhar o prólogo e passou a resistência na frenteda sua classe. Sem nenhuma avaria no Jeep Wrangler terminou as 3 horas de resistência com12 voltas à pista. Estes 21 pontos conquistados em Penafiel aumentam a vantagem de FlávioGomes na classificação geral. Quando faltam 2 provas para terminar o campeonato é lídercom 80 pontos, mais 23 do que o segundo classificado.

Ricardo Teles (Land Rover Teles I) ainda não tinha feito nenhuma prova nesta época eestreou-se em Penafiel com a prata da Absoluto. Durante a primeira meia hora andou pelosúltimos lugares, mas depois passou ao ataque e foi ultrapassando os adversários. Terminou aresistência a apenas 1 volta do vencedor.

Pedro Costa (Preparações Badinho 4x4) andava afastado do pódio desde Valongo e emPenafiel voltou a estar entre os melhores. A Nissan Navara ainda levantou algumasdificuldades, nomeadamente um curto-circuito nas baterias e problemas com o alternador,mas foi suficiente para garantir o terceiro posto. Rui Querido lidera a XL

Tal como na classe absoluto, também na XL o dia foi de vitória do campeão em título.Rui Querido partiu em terceiro, mas ao fim da primeira volta já liderava. Chegou a cair parasegundo por duas vezes, mas seguiu sempre a concorrência de perto. Apesar dos problemas com a direção da Toyota foi quem completou mais voltas à pista. 17 no total. Com os 20pontos de Penafiel, Rui Querido assume a liderança do categoria XL.

Sempre no encalço do líder esteve António Henriques (Mister Reboques), que chegoumesmo a estar na frente de Querido. Não conseguiu contudo aguentar a pressão do campeãonacional, perdeu demasiado tempo em alguns obstáculos e deixou escapar o tão esperadoprimeiro lugar.

Completa o pódio XL José Sobral, desta vez no lugar do piloto. A ausência de CarlosRodrigues obrigou Sobral a assumir os comandos da Toyota, para conduzir, mais uma vez, aequipa Valvolinas/XS5/Leirilumen ao pódio. Irmãos Lourenço campeões da Super Proto Tal como era expectável Ricardo e Paulo Lourenço (Pizzaria Refúgio) sagraram-se já naquarta prova campeões da Classe Super Proto. Os irmãos só precisavam de completar umavolta ao circuito, mas até fizeram 3. Com 3 vitórias e um terceiro lugar são os grandesvencedores da Classe Super Proto.

Nesta etapa de Penafiel, o ouro foi do penafidelense Emanuel Costa. O piloto fezquestão de correr em casa e neste regresso ao CNTrial 4x4 ganhou com toda a tranquilidade.

De regresso também, e a ocupar a segunda posição, ficou Jorge Silva.

O regresso de Rui Policarpo Na classe de promoção Rui Policarpo (TransAct Lat Team), que esteve ausente emChaves, voltou à competição e venceu sem dificuldades. Completou mais 5 voltas à pista doque o segundo classificado, apesar de ter tido alguns problemas com o guincho do LandRover Defender td5.

O líder António Silva (Canelas Pneus) perdeu o depósito de gasóleo da Nissan Patrol edesperdiçou demasiado tempo e a possibilidade de lutar pela vitória.

Já Hugo Tenreiro (Mister Reboques 2) ficou sem guincho logo no arranque e nãocompletou mais do que 1 volta à pista de Penafiel. Troféu Nortenha com 6 equipas Em Penafiel houve mais uma categoria do que nas restantes provas do Campeonato. OClube Penatrilhos quis incentivar as equipas da região a participarem e alargou a competiçãoa viaturas de série, com ou sem modificações e com pneus até 37 polegadas. 6 equipascompetiram assim no Troféu Nortenha, uma prova extra-campeonato. A vitória foi de DiogoBarros, da Tuff 4x4.O Campeonato Nacional de Trial 4x4 cumpre agora uma pausa. A competição regressaa 27 de setembro, na vila de Mação.

Tags:

Sobre nós

Campeonato nacional de Trial 4x4.

Subscrever

Media

Media