O consumo de refrigerantes sem adição de açúcares e sem açúcar em Portugal, em 2015, significou uma redução de 3,67% da ingestão de calorias por litro no portfolio total

Esta tendência responde ao aumento da procura por bebidas sem ou de baixas calorias e a um maior conhecimento e eleição das mesmas por parte da população 
 
Durante os últimos 15 anos a The Coca-Cola Company teve uma redução em Portugal superior a 16% na quantidade de calorias por litro do total das suas bebidas A vasta oferta de bebidas zero açúcar ou sem açúcar, e que são zero calorias ou sem calorias, faz com que os consumidores optem cada vez mais por este tipo de bebidas e que, com uma maior informação, possam fazer uma escolha das mesmas de acordo com a ingestão de açúcares e calorias que considerem adequadas.

Este tipo de bebidas zero e também algumas light, que se caracterizam por não ter açúcar ou sem açúcares adicionados, como é o caso das que contêm uma percentagem de sumo e que aportam menos de 4 Kcal por 100 ml, representaram um total de 17% de vendas da The Coca-Cola Company no nosso país durante 2015, o que implicou um aumento de 2 pontos em relação a 2014.

Na verdade, em Portugal o aumento no consumo de bebidas sem açúcar ou sem açúcares adicionados e que são baixos ou sem calorias, respetivamente, traduz-se numa redução de calorias por litro de 3,67% em 2015 comparativamente com 2014. Se analisarmos os dados desde o ano 2000 até 2015, a redução da quantidade de calorias por litro do total de vendas de bebidas da companhia, no nosso país, é superior a 16% (passou de 412 kcal/ l no ano 2000 para 334 kca/l em 2015).

Esta tendência responde ao aumento da procura de bebidas sem açúcar, sem calorias, por parte da população registada nos últimos anos.

Aposta na redução de calorias em Portugal e Espanha

A preferência pelo consumo de bebidas sem açúcar ou sem açúcares adicionados, que são também baixas ou sem calorias, respetivamente, também se verificou em Espanha, onde se conseguiu uma redução de calorias por litro de cerca de 5,12% em 2015 relativamente ao total de vendas de bebidas da The Coca-Cola Company em 2014. Para além disso, nos últimos 15 anos, a companhia conseguiu reduzir em 36% a quantidade de calorias nos seus refrigerantes no país vizinho, passando de 391 kcal por litro em 2000 para 248 kcal por litro em 2015.

Segue comunicado de imprensa em anexo.

Tags:

Sobre nós

Empresa de refrigerantes.

Subscrever