‘NÃO SEI SER DE OUTRA MANEIRA"

Um espetáculo intimista, de partilha e sentimento, onde o artista se entrega de alma à interpretação musical, mostrando a forma de sentir a música em cada palavra que canta. Assim será o primeiro espetáculo do jovem intérprete e cancioneiro portuense, Daniel Pinto Coelho, intitulado ‘ Não sei Ser de outra maneira – Palavas, Fado e Canções ’. O evento acontece no dia 15 de Dezembro, pelas 21h30, no C.C.C. Vallis Longus, em Valongo, cidade natal do artista.

Em ‘Não sei Ser de outra maneira’ , Daniel Pinto Coelho propõe-se a fazer a ponte entre a tradição e a modernidade, sem nunca perder as raízes originais do fado que o inspiram. A pautar o repertório predominará, assim, um registo tradicional – onde homenageia poetas e fados consagrados – no qual vai mesclando novas criações, letras de sua autoria e novas abordagens musicais às mais belas canções deste estilo musical elevado à categoria de Património Cultural e Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

Segundo revelou Daniel Pinto Coelho, o primeiro espetáculo ‘ Não sei Ser de outra maneira – Palavas, Fado e Canções ’ terá a particularidade de ser filmado “ com o propósito de utilizar os vídeos e gravações áudio para fins promocionais do mesmo espetáculo noutras salas do País ”. 

O jovem fadista portuense está, atualmente, na fase final da gravação do seu primeiro disco de Fado, onde conta com a participação especial de Maria da Nazaré, António Pinto Basto e Hélder Moutinho.  O lançamento deste trabalho discográfico está programado para o início de 2018.

 

Sobre Daniel Pinto Coelho :

Daniel Pinto Coelho é natural de Valongo, distrito do Porto. Desde muito cedo a música e o espetáculo fazem parte da sua vida. Principiou a sua formação musical com apenas três anos, com piano, onde começou a gerar a sua conexão com a música. Ao longo da infância e juventude teve formação em canto e guitarra clássica. Em 2010, concluiu o curso de voz e performance na prestigiada London Music School. Movido, sempre, pela paixão pela música, entregou-se a diversos estilos musicais, tendo integrado vários projetos ligados ao Blues, Soul, Jazz, Pop e Música Tradicional Portuguesa. O Fado foi estando sempre presente na sua vida, mas foi apenas, em 2015, que despertou para a sua essência de fadista, dedicando-se de alma e coração a este estilo musical. Desde então, Daniel Pinto Coelho tem obtido grande notoriedade no meio Fadista, protagonizando espetáculos e atuado em prestigiadas casas de Fado pelo país: ‘Restaurante típico - O Fado’ e ‘Casa da Mariquinhas’ (Porto), e ‘Maria da Mouraria’, ‘Boteco da Fá’ e ‘Casa da Mariquinhas’ (Lisboa), fazendo elenco com grandes nomes da nossa praça, nomeadamente, António Pinto Basto, Rita Ribeiro, Maria da Nazaré, entre outros.

Tags:

Sobre nós

Agência de Comunicação.

Subscrever

Media

Media