Continente já doou 747 mil refeições a 635 instituições sociais no primeiro semestre de 2015

Só durante o primeiro semestre de 2015, o Continente já doou produtos alimentares que permitiram a preparação de cerca de 747 mil refeições a 635 instituições de solidariedade social em todo o País, com a exclusiva finalidade de colmatar necessidades sociais prementes que atingem grupos sociais carenciados.
 
Estas doações, inseridas nas atividades da Missão Continente, incluem produtos não confecionados assim como produtos confecionados – produtos refrigerados pré-embalados e avulso e produtos conservados à temperatura ambiente – oferecidos no âmbito das parcerias que o Continente estabeleceu com a Associação Dariacordar e a Refood.
 
«O combate ao desperdício alimentar em toda a cadeia de valor é uma das prioridades do Continente e estas doações são a sua face mais visível pelo impacto que têm junto das comunidades e das famílias que mais precisam» afirma Miguel Seixas, Presidente da Missão Continente. «Trabalhamos também junto dos nossos produtores, colaboradores e consumidores para os sensibilizar para a importância de combater o desperdício alimentar» conclui.
 
No que respeita ao desperdício alimentar, o Continente dispõe de uma estrutura central que atua na identificação das causas que originam as quebras, definindo as medidas necessárias à sua minimização. As medidas implementadas, além de minimizarem o desperdício, reduzem ainda a respetiva produção de resíduos.
 
Desde 1994 que o Continente tem como prática fazer doação dos produtos alimentares e não alimentares excedentes a instituições de solidariedade social, selecionadas em estreita articulação com as autarquias e comunidades locais nas áreas de abrangência das lojas Continente.
 
Através da Missão Continente, o Continente apoia diversas instituições locais e nacionais, como a Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares contra a Fome, a AMI, a Legião da Boa Vontade, Cáritas, as delegações regionais da Cruz Vermelha, a União das Misericórdias, Instituições de proteção de animais e de apoio diverso (reabilitação e reinserção social) e autarquias locais.

Sobre a MISSÃO CONTINENTE
A Missão Continente  é a marca agregadora de todas  as iniciativas de desenvolvimento sustentável e de responsabilidade social do Continente. Tem como objetivos sensibilizar, mobilizar e valorizar as pessoas e as comunidades para a inclusão social, desenvolvimento económico e respeito pelo ambiente. A Missão Continente divide-se em três eixos estratégicos: Consciente, Comunidade e Sorriso. Através da Missão Continente Consciente, o Continente pretende assumir um compromisso para a construção de um futuro sustentável e contribuir para a adoção de comportamentos mais conscientes do ponto de vista social, económico e ambiental, trabalhando territórios tão diversos como a alimentação saudável, a produção nacional, o consumo consciente e a sustentabilidade ambiental. No contexto da Missão Continente Comunidade, o objetivo do Continente é promover a coesão e bem-estar social através da promoção e celebração de uma cidadania mais ativa e solidária, apostando no envelhecimento ativo, inclusão social, combate à fome, à pobreza e ao desperdício alimentar. A Missão Continente Sorriso tem o objetivo de reforçar o apoio à saúde familiar, centrado na promoção da saúde materno-infantil através dos cuidados de saúde de proximidade.
 
Sobre o Conselho Consultivo da Missão Continente
A Missão Continente conta com um Conselho Consultivo do qual fazem parte: na Comissão Especializada Comunidade: Cruz Vermelha Portuguesa, União das Misericórdias Portuguesas, Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social, a Associação Rede de Universidades de Terceira Idade, a Federação Portuguesa de Bancos Alimentares contra a Fome, a Rede Refood, a Associação Dariacordar; na Comissão Especializada Consciente: Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição, a Confederação dos Agricultores de Portugal, a Federação das Indústrias Portuguesas Agroalimentares, a Associação Portuguesa dos Nutricionistas, a Direção Geral da Saúde, a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, a Quercus – Associação Nacional para a Conservação da Natureza, o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas, o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, o Instituto Superior de Agronomia – Universidade de Lisboa; na Comissão Especializada Sorriso: Direção Geral da Saúde, Sociedade Portuguesa de Pediatria, Ordem dos Enfermeiros, Ordem dos Médicos, Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiares e a Escola Nacional de Saúde Pública.

Tags:

Sobre nós

Cadeia de supermecados da SONAE.

Subscrever