CONTINENTE REVELA RECEITA DE TRIPAS À MODA DO PORTO

No Festival da Comida do Continente, que teve lugar no Porto, não poderiam faltar as típicas tripas. Desta vez cozinhadas segundo a receita do chef  Hélio Loureiro, que o Continente partilha agora para que todos tenham a oportunidade de as provar.

Ingredientes necessários (para 4 pessoas):

  • 400 g feijão manteiga demolhado
  • 500 g dobrada de vitela (sola e folhada)
  • 1 chispe de porco
  • ½ mão de vitela
  • 200 g de presunto gordo
  • 200 g de salpicão do Douro
  • ½ galinha gorda
  • 1 chouriça de carne
  • 2 folhas de louro
  • 3 dentes de alho
  • 200 g cebola
  • Sal e pimenta q.b.
  • 1 cenoura média
  • 1 dl de azeite
  • 1 colher de sopa de banha de porco
  • 1 colher de chá rasa de colorau
  • 2 cabeças de cravinho-da-índia
  • 1 colher de sobremesa rasa de cominhos em pó

Preparação
  1. Lava-se muito bem a dobrada e, de seguida, esfrega-se muito bem com sal grosso.
  2. Coloca-se a dobrada de molho em vinagre, água, sumo e limão cortado durante uma hora.
  3. Lava-se de novo, em várias águas, e coloca-se numa panela com água, deixando-se ferver durante uma hora.
  4. Retira-se essa água e coloca-se a galinha, a mão de vitela e as tripas, levando de novo a cozer.
  5. Quando a galinha estiver cozida, retira-se do lume, deixando acabar de cozer as tripas e a mão de vitela.
  6. Coze-se o feijão e, à parte, o chispe de porco.
  7. De seguida, leva-se ao lume o azeite, a banha de porco e juntam-se os alhos e a cebola picados, deixando alourar ligeiramente.
  8. Junta-se então a cenoura cortada às rodelas, o presunto em cubos, a chouriça em rodelas e o salpicão em meias-luas.
  9. Deixa-se estufar um pouco e adicionam-se as tripas cortadas já bem cozidas, o chispe e a mão de vitela cortada em pedaços.
  10. Deixa-se estufar mais um bocado e junta-se então um pouco da água da cozedura das tripas e das restantes carnes.
  11. Tempera-se com sal, pimenta-preta e branca, cravinhos-da-índia e com o colorau, deixando-se estufar mais um pouco.
  12. Por fim, junta-se o feijão cozido com um pouco da água da cozedura das carnes e deixa-se apurar, mexendo com regularidade e em lume brando. O caldo deve ficar espesso e untuoso devido à cozedura da mão de vitela e da gelatina que esta deixa na água.
  13. Desfia-se a galinha.
  14. No momento de servir, terminam-se as tripas com os cominhos em pó e coloca-se a galinha desfiada sobre as tripas.
  15. Servem-se bem quente, acompanhadas de arroz branco.
 
No Continente pode encontrar todos os ingredientes que necessita, para esta fantástica receita!

Tags:

Sobre nós

Cadeia de supermecados da SONAE.

Subscrever