Missão Sorriso vai doar 77 mil euros a instituições de Coimbra

A Associação Spina Bífida e Hidrocefalia de Portugal, o Hospital Pediátrico do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, a Fundação ADFP – Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional, e a Delegação da Figueira da Foz são as quatro instituições do distrito de Coimbra beneficiadas com doações no valor total de 77 mil euros.

O projeto “Suporte nutricional no domicílio: Vamos ajudar!”, do Hospital Pediátrico do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, vai receber um apoio de 29.500 euros por parte da Missão Sorriso. Recorde-se que a nutrição parenteral é uma técnica terapêutica de fornecimento de nutrientes por via endovenosa, utilizada em pediatria, para complementar ou substituir a alimentação por via oral. Esta técnica pode ser desenvolvida em casa, pelos familiares, desde que observadas determinadas condições. O objetivo do projeto em questão é exatamente facilitar a nutrição parenteral, em condições de segurança, no domicílio.

Por seu lado, a Associação Spina Bífida e Hidrocefalia de Portugal, levou a concurso o Campo de Treino “Arco-Íris Dar Cor ao Sucesso Capacitando 2014”, destinado a crianças e jovens, entre os 10 e os 18 anos, com Spina Bífida / Lesão Medular. A iniciativa vai beneficiar de uma doação no valor de 20 mil euros, que permitirá que crianças e jovens aprendam durante 10 dias a realizar as atividades de vida diária num ambiente lúdico com os seus pares “iguais” na Quinta da Fonte Quente (Tocha). O projeto tem como objetivo capacitar crianças/jovens para a autonomia nas atividades de vida diária como a eliminação (intestinal/vesical), higiene/banho, vestir/despir, mobilidade e transferências.

O projeto “SEI – Saúde, Educação e Integração”, da Fundação ADFP – Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional, visa concretizar arranjos exteriores nas Residências Ternura e Fraternidade, onde habitam crianças e jovens de grupos desfavorecidos, alguns com deficiência. O apoio de 12.500 euros da Missão Sorriso poderá possibilitar a construção de um mural, um jardim e um muro, essenciais para promover a integração social e terapêutica destes utentes.

Por sua vez, a Delegação da Figueira da Foz da Cruz Vermelha Portuguesa tem vindo a deparar-se com situações de exclusão social cada vez mais emergentes. Por essa razão, criou o projeto “Fome Zero”, que pretende alargar a disponibilização de refeições ao fim de semana e feriados para a população em situação de exclusão social. A iniciativa será beneficiada com uma doação de 15 mil euros, que possibilitarão ainda a angariação e distribuição de géneros alimentares e a realização de workshops sob o tema da alimentação saudável e económica.

Recorde-se que pelo 11º ano consecutivo os portugueses juntaram-se à Missão Sorriso com uma grandiosa prova de solidariedade, envolvimento e determinação, angariando mais de 2 milhões de euros. Deste valor, foram distribuídos 880 mil euros a 50 instituições para a implementação de projetos nas áreas da Saúde Infantil, Envelhecimento Ativo e Luta Contra a Fome.

Os restantes apoios foram angariados através das campanhas de recolha de alimentos, em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa, permitindo doar cerca de 1,2 milhões de euros em alimentos que ajudaram muitas famílias, e através da realização da Tour dos Sorrisos e das Corridas Solidárias de Lisboa e do Porto.

Durante as 11 edições, a Missão Sorriso angariou e distribuiu mais de 9 milhões de euros, através de um conjunto de iniciativas mobilizadoras da sociedade e dos cidadãos e em parceria com instituições sem fins lucrativos e entidades públicas prestadoras de cuidados de saúde. Mais uma vez, o Continente continuará a dar o contributo empenhado para que a Missão Sorriso continue a desenvolver mais e melhores respostas sociais, ajudando cada vez mais famílias portuguesas.

Tags:

Sobre nós

Cadeia de supermecados da SONAE.

Subscrever