Paisagens das linhas de comboio portuguesas online no Google

A partir do dia 12 de novembro, algumas das mais belas paisagens ferroviárias de Portugal estão disponíveis online através das aplicações Google Maps e Google Earth. A parceria que CP, IP e Google formaram no início deste ano, apresenta agora os resultados de várias semanas de filmagens ao longo das linhas do Douro, Norte, Oeste e Cascais, passando Portugal a ser o segundo país europeu a estar presente na plataforma Google Street View.
 
O projeto vai ser divulgado nos meios online da CP, através de uma campanha que convidará os internautas à experiencia do seu mais recente produto: uma viagem virtual, ao custo de um clique. Os participantes nestas viagens poderão habilitar-se ao sorteio de viagens reais nos comboios da CP.
 
Foram recolhidas imagens em cerca de 700km de linhas de comboio, e se as linhas do Douro e de Cascais merecem especial destaque por serem já consideradas duas das mais belas linhas ferroviárias do mundo, os restantes percursos constituem também uma boa surpresa, na opinião unânime dos promotores da iniciativa.
 
Recorde-se que as filmagens decorreram na primavera e verão deste ano, ao abrigo do programa Trekker Loan da Google que permite, a entidades interessadas, a candidatura ao empréstimo do equipamento, para captação de imagens em zonas de difícil acesso e com interesse turístico ou histórico.
 
A CP, a Google e a IP, perante o resultado final do projeto, confirmam a sua aposta de que esta iniciativa, ao permitir uma perspetiva inédita de regiões de elevado potencial turístico, algumas já classificadas como Património da Humanidade pela UNESCO, vai contribuir para a promoção do caminho-de-ferro e para o desenvolvimento do sector do turismo em Portugal.
 
Para descobrir o início desta viagem, ao custo de um clique, visite http://bit.ly/1OYxOc2

Download disponível
Vídeo: http://cloud.cp.pt/index.php/s/y5jXQBPzvbcO2nX
Fotografias: http://cloud.cp.pt/index.php/s/ZViaHBCx0ECvPb1

Tags:

Sobre nós

Empresa portuguesa de transporte ferroviário. Sucedeu em 2009 à empresa Caminhos de Ferro Portugueses, esta última tendo já sucedido em 1976 à empresa Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.

Subscrever