CUSHMAN & WAKEFIELD ANUNCIA ASSESSORIA NA VENDA DE 8 EDIFÍCIOS POR €10 MILHÕES

A consultora imobiliária global Cushman & Wakefield (C&W) anunciou a conclusão da venda de 8 edifícios na Avenida Duque de Loulé, a sociedades do Grupo GFH e Grupo ENDUTEX, por um valor aproximado de €10 milhões.
 
A Cushman & Wakefield atuou em representação da Spinveste - Gestão Imobiliária, SGII, S.A., sociedade do Grupo Sonae Capital, na venda dos edifícios.
 
Luís Rocha Antunes, partner e diretor de investimento da C&W e David Lopes, associate do mesmo departamento, foram os consultores responsáveis por esta assessoria.
 
"Uma operação de reabilitação urbana dos imóveis em causa terá o potencial de influenciar a zona em que se insere, abarcando 8 edifícios, com frentes para 3 ruas distintas. Toda esta zona da cidade vai mudar radicalmente, recuperando a qualidade urbanística que em tempos teve", comentou David Lopes.
 
De acordo com José Guimarães da Sonae Capital, "A Sonae Capital tem uma estratégia de alienação de ativos bem estruturada e responsável. Apraz-nos ver que os compradores são portugueses, e acreditamos terem capacidade de levar um projeto de reabilitação a bom porto, projeto que, sendo aprovado, entendemos que trará para a cidade de Lisboa uma nova oferta muito interessante ".
 
Segundo Rui d’Ávila, da GFH "O Grupo GFH acredita que este projeto e localização reúnem características para que se torne num caso de estudo da reabilitação urbana com escala, e numa lógica de integração bem pensada.".
 
Para André Ferreira, do Grupo Endutex, “Esta localização é estratégica para o nosso projeto hoteleiro, e surge num momento particularmente positivo, pelo que estamos confiantes no sucesso da mesma”.
 

Tags:

Sobre nós

Multinacional dedicada a serviços imobiliários de consultoria e research, estratégia de portfólio e gestão de risco.

Subscrever

Media

Media