METADE DOS CURRÍCULOS ENVIADOS CONTÉM ERROS ORTOGRÁFICOS

UM ESTUDO FEITO JUNTO DOS RESPONSÁVEIS PELO RECRUTAMENTO DE CERCA DE 40 EMPRESAS NACIONAIS E MULTINACIONAIS A OPERAR EM PORTUGAL CONCLUI QUE UM QUARTO DOS CURRÍCULOS RECEBIDOS CONTÉM INFORMAÇÕES FALSAS, QUASE METADE VEM COM ERROS ORTOGRÁFICOS E MAIS DE METADE TEM INFORMAÇÃO EM EXCESSO E FOTOGRAFIAS POUCO PROFISSIONAIS.

A CV-DNA, uma empresa portuguesa de certificação de currículos, conduziu um estudo junto dos responsáveis pelo recrutamento em cerca de 40 empresas, um terço das quais são multinacionais presentes em Portugal, para saber mais sobre a qualidade dos currículos que lhes chegam às mãos. As principais conclusões deste inquérito revelam que:

- 46% dos inquiridos dizem que os CV que recebem contêm erros ortográficos e 14% dizem que isso acontece “muitas vezes”
- 75% dos recrutadores admitem que os CV que recebem contêm fotografias pouco profissionais
- é muito mais comum (82%) os CV que os inquiridos recebem conterem informação a mais ou irrelevante do que conterem informação a menos (51%)
- 72% dos recrutadores dizem que é comum os CV que recebem terem informação desorganizada
- foram detetadas informações falsas nos CV recebidos em cerca de um quarto das empresas inquiridas
- a larga maioria (78%) dos currículos onde foram detetadas informações falsas pertence a profissionais com experiência e não a recém-licenciados
- 64% das empresas aplicam testes de perfil comportamental nos seus processos de recrutamento

Este inquérito foi aplicado entre dezembro de 2013 e fevereiro de 2014, a 38 responsáveis pelo recrutamento nas respetivas organizações, maioritariamente Diretores de Recursos Humanos e Técnicos de Recrutamento e Selecção, de empresas que estiveram presentes em fóruns de recrutamento, em algumas das melhores universidades da região de Lisboa.

José Quezada, diretor geral da CV-DNA, que decidiu fazer este estudo para perceber como pode tornar os serviços da sua empresa ainda mais úteis no mercado português, comenta: «estamos vocacionados para ajudar quem procura uma mudança profissional, mas quanto melhor compreendermos as necessidades do recrutador, melhor conseguiremos ajudar os candidatos a irem ao encontro do que o mercado quer. E o mercado, claramente, valoriza currículos sem informação a mais e sem fotografias desadequadas. Além disso, talvez por não ser assim tão raro detetarem informação falsa, mais de metade da amostra (61%) afirmou que valoriza a certificação da informação dos currículos por uma entidade externa».

MAIS DE METADE JÁ TESTAM COMPORTAMENTOS

Para além dos conhecimentos técnicos e da experiência que um CV tradicionalmente retrata, parece ser também cada vez mais comum as empresas valorizarem informação sobre o perfil comportamental. O estudo indica que 64% destes recrutadores aplicam testes de perfil comportamental aos candidatos.

Quando inquiridos sobre o valor que atribuem ao facto de um candidato se apresentar com um diagnóstico de perfil comportamental elaborado por uma empresa de referência nesta área, 68% consideram isso útil ou muito útil. «Isto é particularmente interessante porque a maior parte dos candidatos que nos chegam não sabe muito bem o que é ou para que serve um teste de perfil comportamental. Parte do nosso trabalho, para além de lhes aplicar um teste de referência nesta área e lhes dar um relatório, é ajudá-los a interpretar os resultados e falar de forma mais clara sobre si mesmos, numa área que os recrutadores também consideram importante para perceberem quem é mais adequado para determinada função e empresa», conclui José Quezada.

SOBRE A CV-DNA

A CV-DNA é uma empresa portuguesa criada em Abril de 2013 para certificar currículos e melhorar a empregabilidade dos portugueses. Este serviço
vem dar resposta a uma necessidade crescente sentida por todos os profissionais cuja empregabilidade assenta em processos de recrutamento baseados no CV e que querem preparar-se melhor para enfrentar um mercado de trabalho cada vez mais competitivo. Mais informações em www.cvdna.com.

Tags:

Sobre nós

Empresa portuguesa criada para certi?car currículos e melhorar a empregabilidade.

Subscrever