VINHOS DA REGIÃO TEJO EM FORÇA NOS ESTADOS UNIDOS

Com o intuito de promover o crescimento das exportações para os Estados Unidos da América, a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo colocou em marcha uma campanha específica dirigida ao trade ,  media e também aos consumidores norte americanos.

Tendo como principal objectivo a promoção dos seus vinhos, a CVR Tejo pretende deste modo educar e sensibilizar o mercado norte americano para a qualidade dos Vinhos do Tejo, bem como dar a conhecer as características diferenciadores desta região vitivinícola cujas exportações já ultrapassaram os 14 milhões de garrafas, sendo já os EUA o seu quarto mercado de exportação.
Nestas iniciativas a CVR Tejo conta com o apoio de empresas especialistas norte americanas  como a Marq Energie de Washington DC, nas áreas de trade e marketing, e o Grupo Dilenscheider de Nova Iorque, para as relações públicas.

As acções de apresentação dos Vinhos do Tejo serão realizadas em quatro importantes cidades americanas – Nova Iorque (18 de Maio), Boston (20 de Maio), Chicago (14 de Setembro) e São Francisco (16 de Setembro).

CHEF LUSO-AMERICANO GEORGE MENDES HARMONIZA VINHOS DO TEJO COM A SUA COZINHA ESTRELA MICHELIN DO RECONHECIDO RESTAURANTE “ALDEA” DE NOVA IORQUE

O seminário de arranque realiza-se em Nova Iorque, no restaurante português “Aldea”, distinguido com uma estrela Michelin. Serão apresentados 11 Vinhos do Tejo que os participantes do seminário irão poder provar em harmonizações com pratos preparados pelo reconhecido Chef luso-americano George Mendes.
Estes seminários são também mais uma forma de divulgar o posicionamento “Team Tejo”, um branding criado pela consultora Wine Intelligence e que corporiza o espírito de equipa dos produtores desta importante região vitivinícola de Portugal.
 
Sobre a CVR Tejo
A Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) é a entidade responsável pela promoção e certificação dos vinhos da região. A região dos Vinhos do Tejo é composta por um total de cerca de 17 mil hectares, que produzem, anualmente, cerca de 800 mil hectolitros. Entre 2008 e 2013 a exportação da região cresceu 78%, sendo que em 2013, o desempenho global ao nível das exportações de Vinhos do Tejo para o mercado internacional (União Europeia e países terceiros) ultrapassou os 14 milhões de garrafas.
Os três maiores mercados de exportação da região foram, em 2013, Angola, Suécia e China, sendo que os EUA, Polónia e Brasil se revelaram nesse mesmo ano os mercados com maior crescimento percentual.

Tags:

Sobre nós

Comissão Vitivinícola Regional do Tejo.

Subscrever